Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

O GOVERNO perspectiva boas colheitas na primeira época da campanha agrária e pesqueira em curso, com base nos resultados da monitoria feita em todo o país por brigadas do Conselho de Ministros, entre Abril e Maio corrente.

Para esta campanha foram lavrados cerca de nove milhões de hectares, de um universo de 10.2 milhões planificados. Da área lavrada, 8.9 milhões de hectares estão semeados com culturas diversas, segundo a porta-voz da sessão de ontem do Conselho de Ministros.

No entanto, segundo Ana Comoana, do universo da área semeada, 188 mil hectares perderam-se devido à estiagem, chuvas intensas e pragas da lagarta do funil de milho e gigante. Estas pragas, de acordo com a fonte, foram mais intensas na província de Gaza.

Falando ontem a jornalistas, no habitual briefing que se segue às sessões do Conselho de Ministros, Ana Comoana disse ainda que os programas de irrigação cobrem actualmente 57 mil hectares.

Face às constatações das brigadas, Comoana avança que o Executivo acredita numa boa colheita na primeira época desta campanha agrária, oficialmente lançada em Outubro pelo Presidente da República, Filipe Nyusi.

Ana Comoana disse que as perspectivas são mais animadoras na área de alimentos, onde só no milho se augura colher 6.7 milhões de toneladas, com as províncias de Manica e Niassa a contribuírem mais.

No frango de corte espera-se uma produção de 123 mil toneladas, sendo Sofala a província de se deverá destacar nas contas finais.

Dois milhões de toneladas é a perspectiva em relação ao pescado, com as províncias de Nampula e Cabo Delgado a liderarem a alcançarem maiores níveis de produção.

Embora as brigadas tenham constatado adversidades, como estiagem, chuvas intensas e pragas, o Conselho de Ministro acredita estar assegurada a segurança alimentar da população.

Fora os insumos alocados, houve ainda a ligação com centros de serviços agrários equipados com 935 tractores, que lavraram 47 mil hectares de 13 mil produtores.

Os extensionistas, em número de 2931, assistiram a 636 mil produtores, segundo dados do Conselho de Ministros.

Ainda na sessão de ontem foram aprovadas novas taxas dos serviços prestados pelo Instituto Nacional de Transportes Terrestres (INATTER) e a tabela de preços mínimos do algodão caroço, entre outras matérias.

Sábados

CLICKADAS

TEMA DE ...

NO princípio do ano o Conselho Municipal da Cidade de Maputo prometeu ...

...

A ROTA do desenvolvimento é uma peregrinação cheia de ...

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction