O Presidente da República, Filipe Nyusi, lamentou hoje, na cidade de Maputo, a falta de condições para a aterragem de aeronaves, circulação de veículos e fornecimento de energia eléctrica na cidade da Beira, devido aos danos causados pelo ciclone “Idai”, que desde ontem assola a região centro do país.

Nyusi fez esta comunicação quando procedia ao balanço preliminar dos danos causados pela intempérie no fim do grande cerimonial que antecede a sua visita de Estado de três dias ao Reino de eSwatini, que hoje inicia.

Neste momento, as cidades da Beira, Dondo, Chimoio e Mafambisse estão sem energia eléctrica devido à danificação de uma linha de 110 kva que liga Chimio e Beira, explicou à imprensa o Chefe do Estado, acrescentando que o facto está a dificultar as comunicações com a província de Sofala.

Uma situação semelhante está a ocorrer no norte da província de Inhambane, derivada da falta de energia devido à queda de alguns postes de média tensão, para além do registo de danos em diversas redes de média e baixa tensão, disse o Presidente.

Face a estes danos, equipas de Quelimane e de Maputo, que incluem membros do Conselho de Administração da empresa Electricidade de Moçambique, EDM, estão no terreno ou a caminho do local das ocorrências para avaliar e intervir de modo a reparar os danos e permitir a reposição das linhas de fornecimento de energia eléctrica.

“Como sabem, nas últimas 24 horas a província de Sofala foi fustigada pelo ciclone tropical “Idai”, por isso diversas equipas nacionais, com o apoio de nossos parceiros de cooperação, incluindo um grupo de paramédicos da África do Sul, estão desde ontem a trabalhar na busca e salvamento de compatriotas nossos que contraíram ferimentos graves e ligeiros. Neste caso, quero reconhecer este apoio”, disse.

Segundo Nyusi, na província da Zambézia o ciclone fez-se sentir com mais intensidade no distrito de Chinde, com ventos e chuvas fortes, e em consequência do fenómeno o tecto do centro de saúde de Matide ficou parcialmente destruído. Nas últimas 24 horas 389 doentes comuns e vítimas da intempérie foram atendidos em sete centros de acomodação erguidos nos distritos da Maganja da Costa, Nicoadala, Namacurra, Inhassunge e Mocuba.

Nyusi elogiou a população das províncias afectadas por ter acatado as recomendações emanadas pelas autoridades e reiterou os apelos no sentido de continuar a observar as medidas de segurança que têm sido divulgadas através dos meios de comunicação social que, igualmente, mereceram do Presidente um reconhecimento, por assumirem um papel patriótico neste momento em que as populações necessitam de mais informações.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction