DOIS militares pertencentes ao contingente das Forças Armadas Marroquinas da Missão Multidimensional de Estabilização das Nações Unidas na República Centro Africana (MINUSCA) foram mortos, terça-feira, num ataque armado perto da cidade de Bria, no nordeste da capital, noticiou a agência MAP, citada pela PANA.

O incidente ocorreu quando os capacetes azuis marroquinos, instalados em Bria, garantiam a escolta duma coluna de camiões que transportava combustíveis da localidade de Zemio para Obo, indica a MINUSCA, num comunicado publicado quarta-feira pelo site das Nações Unidas. Dois outros soldados marroquinos ficaram feridos nesse ataque, segundo a missão onusina. Os autores do ataque, que não foram identificados, fugiram para a floresta, acrescentou a mesma fonte.

Mais recentes

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,55 60,70
ZAR 4,37 4,45
EUR 69,97 71,32

15.12.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ uns anos um deputado da Assembleia da República, meu amigo,  ...
2017-12-15 23:30:00
IMPLICÂNCIA sem motivos. É comum não nutrirmos simpatia por ...
2017-12-15 23:30:00
AS FESTAS!... EM boa verdade elas, sobretudo as que se avizinham, são ...
2017-12-14 23:30:00
DEFINITIVAMENTE  não sou dono do meu tempo. Nunca fui, e jamais serei. ...
2017-12-14 23:30:00
TERMINEI o último artigo manifestando pesar pelo facto de as obras de ...
2017-12-14 23:30:00