O EX-DIRECTOR da Agência Central de Informações (CIA) James Woolsey anunciou ontem a sua demissão de assessor do Presidente-eleito dos EUA em plena controvérsia sobre a interferência russa nas eleições presidenciais norte-americanas.

“Realmente, não me estavam a convocar para as reuniões nem para o trabalho de transição”, disse Woolsey à cadeia televisiva Fox News, aludindo à sua qualidade de assessor de Donald Trump para assuntos de informações. O porta-voz de Woolsey, Jonathan Sparks, emitira antes um comunicado em que informava que este antigo director da CIA, entre 1993-1995, durante a primeira Presidência de Bill Clinton, renunciava e desejava a melhor das sortes para Trump.

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,10 61,27
ZAR 4,57 4,65
EUR 67,42 68,73

23.05.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

O MEU amigo Leonel Magaia publicou, há dias, no seu mural do Facebook, uma ...
2017-05-22 23:30:00
HÁ mais de ano e meio que não vou a Mafavuka e quase que em ...
2017-05-22 23:30:00
ATÉ hoje, acreditávamos que os desportos equestres eram praticados em ...
2017-05-22 06:11:05
ESTAVA eu a acompanhar o noticiário de uma das estaçoes televisivas do ...
2017-05-22 06:08:06
HOJE não tenho nenhum assunto para escrever. E como não tenho assunto ...
2017-05-22 06:03:08