O SENADO dos Estados Unidos, dominado pelos republicanos, votou na quarta-feira favoravelmente a revogação de uma norma aprovada durante a administração de Barack Obama que impedia que pessoas com perturbações mentais adquirissem armas. A legislação vai agora ser enviada para o Presidente, Donald Trump, que deve assiná-la. A norma reforçava o sistema de verificação de antecedentes dos compradores de armas de fogo, com a indicação pela segurança social dos nomes dos beneficiários com perturbações mentais cujas prestações sociais são geridas por uma terceira pessoa. O senador republicano Charles Grassley, do Iowa, que liderou o processo de revogação, argumentou que a norma estigmatiza injustamente os deficientes e violava o seu direito constitucional a ter armas.

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,31 59,47
ZAR 4,74 4,83
EUR 70,23 71,64

25.01.2018   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

MAIS um Dia dos Namorados, também conhecido por Dia de São Valentim, ...
2018-02-22 00:30:00
A MULTINANCIONAL Sasol, empresa sul-africana que explora e comercializa o gás ...
2018-02-22 00:30:00
O RECENTE encontro, em Nhamadjiwa, Gorongosa, entre o Presidente da ...
2018-02-21 00:30:00
Como referi no princípio do primeiro texto desta série, a chamada ...
2018-02-21 00:30:00
Depois de três dias a gerir dores dispersas pelo corpo, Hélder decidiu ...
2018-02-20 00:30:00