O PRESIDENTE são-tomense, Evaristo Carvalho, defendeu quarta-feira a eliminação do paludismo como "condição essencial" para o desenvolvimento" do arquipélago e "uma vertente importante na luta contra a pobreza". Evaristo Carvalho falava num encontro que marcou a reactivação da Comissão Nacional de Luta Contra o Paludismo, que passou desde quarta-feira a ter como presidente o próprio chefe de Estado. A Comissão Nacional de Luta contra o Paludismo estava inactiva há mais de 10 anos, mas as autoridades sanitárias decidiram reabilitá-la, numa altura em que a pré-eliminação da doença em S. Tomé e sua eliminação na Ilha do Príncipe passaram a constituir a estratégia nacional de luta contra a enfermidade. O governo são-tomense definiu como meta para a eliminação definitiva do paludismo no arquipélago o ano de 2025.

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,70 61,84
ZAR 4,43 4,51
EUR 71,53 72,88

11.10.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ alguns anos, o Governo do ex- presidente moçambicano, Joaquim ...
2017-10-20 23:30:00
MAIS um linchamento ocorreu ao princípio desta semana na cidade da Beira, ...
2017-10-20 23:30:00
TURMA, não posso ignorar esta chamada, serei rápido. Enquanto estou ...
2017-10-20 23:30:00
MOCÍMBOA da Praia, na província de Cabo Delgado, está desde ...
2017-10-19 23:30:00
Passam cerca de duas semanas que contei a história onde o personagem ...
2017-10-19 23:30:00