UM relatório apresentado quarta-feira por uma comissão das Nações Unidas acusa Israel de ter estabelecido um regime de “apartheid” contra o povo palestino. O documento já enfureceu as autoridades israelitas, enquanto o Secretário-Geral da ONU, António Guterres, se demarcou do documento. O texto, divulgado pela Comissão Económica e Social para a Ásia Ocidental da ONU, concluiu que existem provas de que “além de qualquer dúvida razoável Israel é culpado de políticas e práticas que constituem crime de ‘apartheid’, como está legalmente definido nos instrumentos jurídicos internacionais”. A comissão tem a sua sede em Damasco e é composta por 18 países do norte de África e do Médio Oriente, incluindo a Palestina. A embaixadora dos EUA nas Nações Unidas, Nikki Haley, disse estar “indignada” e reiterou o apoio de Washington a Israel.

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,77 61,93
ZAR 4,65 4,74
EUR 72,73 74,12

14.09.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ dias, um amigo sugeriu-me que trouxesse à reflexão, neste ...
2017-09-25 19:33:03
Gerado por pais católicos e o primeiro sacramento com apenas um mês de ...
2017-09-25 19:28:40
EU não imaginava que 10 anos após a publicação da ...
2017-09-24 23:30:00
FOMOS, há dias, invadidos por um estranho comportamento de um grupo de ...
2017-09-24 23:30:00
QUANDO entrou no transporte semi-colectivo de passageiros, não sei aonde, com ...
2017-09-24 23:30:00