O PRESIDENTE do Quénia, Uhuru Kenyatta, disse ontem ter ordenado o destacamento de militares para as regiões de Baringo e Laikipia para acalmar a violência fomentada pela seca na zona. Como Presidente do Conselho de Segurança Nacional, Kenyatta autorizou o destacamento das Forças de Defesa para apoio às operações da Polícia. Pelo menos 21 pessoas morreram em confrontos entre pastores na região de Baringo desde o início de Fevereiro, 13 das quais foram mortas esta semana. Na região de Laikipia, um agricultor britânico foi morto por pastores, que invadiram quintas procurando pastos e água. O Quénia declarou uma situação de catástrofe nacional devido à seca que afecta cerca de metade dos distritos do país.

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,74 61,93
ZAR 4,59 4,68
EUR 71,31 72,71

21.08.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

UM dos temas que está a dominar as conversas, pelo menos a nível da ...
2017-08-22 23:30:00
TAL como me referi nos últimos parágrafos do texto anterior, as ...
2017-08-22 23:30:00
FILIPE Nyusi traçou um novo diagrama que ficará indelevelmente marcado ...
2017-08-22 23:30:00