O PRESIDENTE do Quénia, Uhuru Kenyatta, disse ontem ter ordenado o destacamento de militares para as regiões de Baringo e Laikipia para acalmar a violência fomentada pela seca na zona. Como Presidente do Conselho de Segurança Nacional, Kenyatta autorizou o destacamento das Forças de Defesa para apoio às operações da Polícia. Pelo menos 21 pessoas morreram em confrontos entre pastores na região de Baringo desde o início de Fevereiro, 13 das quais foram mortas esta semana. Na região de Laikipia, um agricultor britânico foi morto por pastores, que invadiram quintas procurando pastos e água. O Quénia declarou uma situação de catástrofe nacional devido à seca que afecta cerca de metade dos distritos do país.

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,70 61,84
ZAR 4,43 4,51
EUR 71,53 72,88

11.10.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ alguns anos, o Governo do ex- presidente moçambicano, Joaquim ...
2017-10-20 23:30:00
MAIS um linchamento ocorreu ao princípio desta semana na cidade da Beira, ...
2017-10-20 23:30:00
TURMA, não posso ignorar esta chamada, serei rápido. Enquanto estou ...
2017-10-20 23:30:00
MOCÍMBOA da Praia, na província de Cabo Delgado, está desde ...
2017-10-19 23:30:00
Passam cerca de duas semanas que contei a história onde o personagem ...
2017-10-19 23:30:00