PELO menos seis pessoas morreram e 32 ficaram feridas ontem na explosão de uma bomba num bairro da cidade síria de Aleppo, norte do país. A explosão no bairro de Salahedin coincidiu com a retomada, a poucos quilómetros de distância, em Rashidin, da operação para retirar residentes das localidades sitiadas. O processo havia sido interrompido na sexta-feira passada após um grande atentado que deixou pelo menos 126 mortos. “O processo foi retomado, tendo três mil pessoas sido retiradas de Kafraya [localidade controlada pelo governo] e 300 de Zabadani e de outras duas povoações sob controlo de forças rebeldes”, disse à France Presse Rami Abdel Rahmne, director do Observatório Sírio para os Direitos do Homem (OSDH).

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,10 61,27
ZAR 4,57 4,65
EUR 67,42 68,73

23.05.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

DEPOIS de um ambiente de quase “cortar à faca” a ...
2017-05-26 23:30:00
A VERDADE é que ele já não está aqui. Faltou a esta aula ...
2017-05-26 23:30:00
HÁ mortos que decididamente se recusam a regressar ao pó donde vieram. ...
2017-05-26 07:15:16
CORRO o risco de ser incompreendido ao abordar um assunto tão delicado como ...
2017-05-25 23:30:00
BRASIL, esse gigantesco país, que me faz lembrar a Suíça, por ...
2017-05-25 23:30:00