OITENTA e dois trabalhadores humanitários morreram no Sudão do Sul desde que começou o conflito em Dezembro de 2013, informou quarta-feira o responsável do Gabinete de Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA) da ONU no país, Eugene Owusu. O coordenador pediu às partes em conflito que parem os confrontos e “o assédio” do pessoal humanitário. Acrescentou que nos últimos dias foram retirados pelo menos 60 trabalhadores do Estado de Junqali, no nordeste do país, perante a deterioração das condições de segurança e o conflito entre o Governo e os rebeldes.

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,31 59,47
ZAR 4,74 4,83
EUR 70,23 71,64

25.01.2018   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

UNS chamam “praxe académica” e outros ...
2018-04-19 00:30:00
O GOVERNADOR de Inhambane, Daniel Chapo, antes de exercer a actual ...
2018-04-19 00:30:00
Ainda este mês, o “Timbilando” publicou uma triste ...
2018-04-18 00:30:00
PARA além das famosas igrejas que conhecemos, que têm Jesus e Deus como ...
2018-04-18 00:30:00
NICOLAS Sarkozy, antigo Presidente da França, esteve detido recentemente, ...
2018-04-18 00:30:00