SEIS polícias morreram quarta-feira no Quénia e quatro ficaram feridos na sequência de confrontos no centro do país, disse à Agência noticiosa AFP um responsável da Policia, sob anonimato. Aquela zona do Quénia tem estado sujeita a uma situação de seca e violências envolvendo pastores e criadores de gado. A polícia declarou que os agentes tinham sido mortos durante uma troca de tiros com “bandidos”, referindo-se a membros da etnia Pokot, no oeste do condado de Laikipia. Neste condado, vários milhares de pastores e criadores de gado seminómadas, cujos animais são atingidos duramente pela seca, têm penetrado ilegalmente em reservas privadas em busca de pasto para os seus animais. Armados, segundo alguns com lanças, segundo outros com armas automáticas, eles têm matado ou ferido nos últimos meses dezenas de pessoas, roubado gado, queimado propriedades e intimidado habitantes.

Mais recentes

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,55 60,70
ZAR 4,37 4,45
EUR 69,97 71,32

15.12.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ uns anos um deputado da Assembleia da República, meu amigo,  ...
2017-12-15 23:30:00
IMPLICÂNCIA sem motivos. É comum não nutrirmos simpatia por ...
2017-12-15 23:30:00
AS FESTAS!... EM boa verdade elas, sobretudo as que se avizinham, são ...
2017-12-14 23:30:00
DEFINITIVAMENTE  não sou dono do meu tempo. Nunca fui, e jamais serei. ...
2017-12-14 23:30:00
TERMINEI o último artigo manifestando pesar pelo facto de as obras de ...
2017-12-14 23:30:00