O PRESIDENTE das Filipinas, Rodrigo Duterte, pediu ao Congresso para aprovar o recrutamento de mais 20.000 soldados para lidar com as ameaças à segurança, após confrontos no sul do arquipélago, anunciou fim-de-semana o seu porta-voz em comunicado, citado pela Agência de notícias francesa AFP. De acordo com dados oficiais, cerca de 700 pessoas foram mortas em dois meses e meio, no sul da cidade de Marawi, na luta contra elementos leais ao grupo Estado Islâmico (EI). O exército Filipino tem cerca de 165.000 militares e enfrenta múltiplas ameaças: além dos ‘jihadistas’ em Mindanao, há os rebeldes comunistas espalhados por todo o arquipélago, bem como disputas territoriais com Beijing, no Mar do Sul da China.

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,77 61,93
ZAR 4,65 4,74
EUR 72,73 74,12

14.09.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ dias, um amigo sugeriu-me que trouxesse à reflexão, neste ...
2017-09-25 19:33:03
Gerado por pais católicos e o primeiro sacramento com apenas um mês de ...
2017-09-25 19:28:40
EU não imaginava que 10 anos após a publicação da ...
2017-09-24 23:30:00
FOMOS, há dias, invadidos por um estranho comportamento de um grupo de ...
2017-09-24 23:30:00
QUANDO entrou no transporte semi-colectivo de passageiros, não sei aonde, com ...
2017-09-24 23:30:00