O PRIMEIRO-MINISTRO (PM) da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, esclareceu quinta-feira que não pretende mandar prender crianças talibés, mas sim retirá-las das ruas do país e mandá-las para um centro onde terão educação cuidada. Ele esclareceu não ser sua intenção prender crianças talibés (muçulmanos que pedem esmolas pelas ruas do país) mas cuidar da sua formação “para o futuro do país”. Afirmou, contudo, não estar a voltar atrás na sua posição e disse ainda estar a reforçar a sua determinação de mandar para um centro qualquer criança talibé apanhada nas ruas do país a mendigar. Sissoco Embaló disse ser inegociável a sua determinação de querer retirar das ruas crianças, que realçou serem elementos da sua comunidade, os Fulas, e da sua religião, os muçulmanos.

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,70 61,84
ZAR 4,43 4,51
EUR 71,53 72,88

11.10.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ alguns anos, o Governo do ex- presidente moçambicano, Joaquim ...
2017-10-20 23:30:00
MAIS um linchamento ocorreu ao princípio desta semana na cidade da Beira, ...
2017-10-20 23:30:00
TURMA, não posso ignorar esta chamada, serei rápido. Enquanto estou ...
2017-10-20 23:30:00
MOCÍMBOA da Praia, na província de Cabo Delgado, está desde ...
2017-10-19 23:30:00
Passam cerca de duas semanas que contei a história onde o personagem ...
2017-10-19 23:30:00