OS deputados da Guatemala rejeitaram, na segunda-feira, levantar a imunidade do Presidente Jimmy Morales, após uma comissão parlamentar o ter recomendado para abrir caminho a um eventual julgamento por alegado financiamento eleitoral ilícito. Apenas 25 dos 129 deputados presentes apoiaram a recomendação da comissão parlamentar que, na noite de domingo, chegou ao consenso de que se devia levantar a imunidade do Presidente da Guatemala para a justiça poder averiguar se ocultou informação financeira do seu partido. Segundo a investigação inicial, o partido Frente de Convergência Nacional-Nação (FCN-Nación) terá ocultado informação sobre pelo menos 6,7 milhões de quetzales (768 mil euros) que o partido recebeu para financiar a sua campanha eleitoral em 2015, altura em que Jimmy Morales ocupava o cargo de secretário-geral.

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,77 61,93
ZAR 4,65 4,74
EUR 72,73 74,12

14.09.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ dias, um amigo sugeriu-me que trouxesse à reflexão, neste ...
2017-09-25 19:33:03
Gerado por pais católicos e o primeiro sacramento com apenas um mês de ...
2017-09-25 19:28:40
EU não imaginava que 10 anos após a publicação da ...
2017-09-24 23:30:00
FOMOS, há dias, invadidos por um estranho comportamento de um grupo de ...
2017-09-24 23:30:00
QUANDO entrou no transporte semi-colectivo de passageiros, não sei aonde, com ...
2017-09-24 23:30:00