OS deputados da Guatemala rejeitaram, na segunda-feira, levantar a imunidade do Presidente Jimmy Morales, após uma comissão parlamentar o ter recomendado para abrir caminho a um eventual julgamento por alegado financiamento eleitoral ilícito. Apenas 25 dos 129 deputados presentes apoiaram a recomendação da comissão parlamentar que, na noite de domingo, chegou ao consenso de que se devia levantar a imunidade do Presidente da Guatemala para a justiça poder averiguar se ocultou informação financeira do seu partido. Segundo a investigação inicial, o partido Frente de Convergência Nacional-Nação (FCN-Nación) terá ocultado informação sobre pelo menos 6,7 milhões de quetzales (768 mil euros) que o partido recebeu para financiar a sua campanha eleitoral em 2015, altura em que Jimmy Morales ocupava o cargo de secretário-geral.

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,31 59,47
ZAR 4,74 4,83
EUR 70,23 71,64

25.01.2018   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

PARECE haver motivos bastantes para emprestar as palavras do polémico ...
2018-02-24 00:30:00
O SONO é um veneno que embriaga, paralisa o corpo, corta os movimentos e guia ...
2018-02-24 00:30:00
“Ide por todo o mundo, anunciai a Boa Nova a toda criatura” – Mc ...
2018-02-23 00:30:00
Há reportagens antigas  – nos jornais e televisões -  ...
2018-02-23 00:30:00
SÓ posso começar o presente texto dizendo mesmo isto: INAE, já ...
2018-02-23 00:30:00