UMA delegação da ONU encontra-se desde terça-feira na Guiné Equatorial para analisar a situação política após o Governo de Teodoro Obiang, no poder desde 1979, ter denunciado uma tentativa de golpe de Estado em finais de Dezembro, informaram fontes oficiais. A missão, liderada por François Lonseny Fall, representante especial do secretário-geral para a África Central, foi recebida pelo Presidente equato-guinenese, segundo referiu em comunicado do Executivo de Malabo. O objectivo da visita consiste em apresentar ao Governo de Obiang, a posição da ONU face aos incidentes e “recolher mais informação”.  Fall manifestou que as Nações Unidas e a União Africana emitiram um comunicado expressando a sua contundente rejeição, por todo o acto tendente a alterar pela força e violência a ordem constitucional do povo da Guiné Equatorial.

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,31 59,47
ZAR 4,74 4,83
EUR 70,23 71,64

25.01.2018   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

PARECE haver motivos bastantes para emprestar as palavras do polémico ...
2018-02-24 00:30:00
O SONO é um veneno que embriaga, paralisa o corpo, corta os movimentos e guia ...
2018-02-24 00:30:00
“Ide por todo o mundo, anunciai a Boa Nova a toda criatura” – Mc ...
2018-02-23 00:30:00
Há reportagens antigas  – nos jornais e televisões -  ...
2018-02-23 00:30:00
SÓ posso começar o presente texto dizendo mesmo isto: INAE, já ...
2018-02-23 00:30:00