MAIS de noventa milhões de meticais foram desembolsados, o ano passado, pelo Instituto Nacional de Acção Social (INAS), no Niassa, para apoiar cerca de treze mil agregados familiares. Trata-se de idosos, doentes crónicos, crianças órfãs e famílias tuteladas por mulheres, entre outras, em condições de vulnerabilidade.

O chefe da Repartição de Assistência Social, no Instituto Nacional de Acção Social, em Lichinga, Moisés Razão, disse que o projecto de apoio social directo prioriza os doentes acamados, idosos e crianças órfãs.

Mais recentes

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,55 60,70
ZAR 4,37 4,45
EUR 69,97 71,32

15.12.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ uns anos um deputado da Assembleia da República, meu amigo,  ...
2017-12-15 23:30:00
IMPLICÂNCIA sem motivos. É comum não nutrirmos simpatia por ...
2017-12-15 23:30:00
AS FESTAS!... EM boa verdade elas, sobretudo as que se avizinham, são ...
2017-12-14 23:30:00
DEFINITIVAMENTE  não sou dono do meu tempo. Nunca fui, e jamais serei. ...
2017-12-14 23:30:00
TERMINEI o último artigo manifestando pesar pelo facto de as obras de ...
2017-12-14 23:30:00