Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

O distrito municipal kaMaxaquene, na cidade de Maputo, liderou ontem a lista dos bairros, em que os munícipes saíram e ocuparam as ruas e avenidas, para festejar em grupos a festa de passagem do ano.

A situação foi mais notada na Avenida Milagre Mabote, onde era quase impossível circular de carro, devido ao abarrotamento de pessoas de todas as idades, sobretudo jovens e crianças.

Os jovens e crianças dançavam nas ruas, músicas produzidas pelas aparelhagens montadas nas barracas e nos passeios.

Muita gente havia montado aparelharem nos passeios, dificultando deste modo, a mobilidade dos peões.

Notava-se uma autêntica anarquia nas vias públicas, sob o risco de causar acidentes e manchar a festa.

A equipa do “Jornal Noticias”, que efectuou uma ronda pelos bairros da cidade, notou ausência de agentes da lei e ordem, no Maxaquene, numa altura em que a sua actu e ambiente em que os seus serviços são imprescindíveis, para garantir a tranquilidade e segurança dos munícipes.

A viatura do Noticias foi várias vezes e em pontos diferente barrada, por crianças e jovens sobre efeito de álcool. 

SAMUEL UAMUSSE

 

 

Comments

Trauma de uma cidadã, danos materias e embaraço do transito são resultados de um acidente de viação, envolvendo três viaturas, ocorrido, hoje, no cruzamento entre as Avenidas Guerra popular e 25 de Setembro, na cidade do Maputo. 

Segundo uma testemunha, que não se quis identificar, o desastre foi causado por  um motorista de um carro da marca Toyota  com a chapa de inscrição AGH 542 MP, que seguia pela 25 de Setembro, em direcçã à praça Roberto Mugabe. 

O mesmo, ao chegar ao cruzamento das avenidas, onde aconteceu o sinistro, ignorou as regras de trânsito e avançou com sinal vermelho.

Disse que nessa altura,  embateu-se com a viatura da vítima (Vitz- AFB 575 MP), que fazia o sentido Praça dos Trabalhadores-Ponto Final e tendo invadido a faixa contrária,  chocando depois com um autocarro de transporte de passageiros da rota 1º  de Maio-Baixa.

Minutos após o acidente, a Polícia fez-se ao local e  transportou a condutora, que apresentava dificuldades de locução e ao hospital.

 

Comments

Quatros pessoas saíram ilesas de um acidente de viação ocorrido na manhã de hoje numa das rotundas da Estrada Circular de Maputo, na capital do país.

 Trata-se um automóvel ligeiro, de marca Toyota Mark X, com a matrícula AGK 029 MC, de cor azul, que ficou com vários danos após o sinistro.

 Na sequência, a viatura que circulava no sentido Zimpeto-Albazine, galgou a rotunda do Grande Maputo e projectou-se para a vala de drenagem. 

A provável causa deste acidente é o excesso de velocidade.

Comments

A esposa do Presidente da República, Isaura Ferrão Nyusi, efectua nos dias 29 de Novembro e 1 de Dezembro de 2018 uma visita de trabalho à província de Maputo.

Nesta visita, a esposa do Presidente da República irá escalar, sucessivamente, os Centros de Saúde de Ndlavela e de Acolhimento da Organização Social São Gabriel e o Lar Nova Esperança, no âmbito do Dia Mundial de Luta Contra a SIDA.

A visita ao Centro de Saúde de Ndlavela inicia às 09.00 horas e contempla as áreas de consulta de crianças em risco, serviço de amigo adolescente e jovem, centro de atendimento integrado para questões ligadas à violência baseada no género, e maternidade, que inclui oferta de enxoval ao bebé recém-nascido.

Nesta deslocação, a esposa do Presidente da República far-se-á acompanhar de quadros do Conselho Nacional de Combate à Sida, membros do governo da província de Maputo e colaboradores.

Comments

Os residentes do posto administrativo de Machangulo, distrito de Matutuíne, província de Maputo, clamam pela afectação de uma ambulância e transporte de passageiros para permitir a comunicação com a vila-sede,  Bela-Vista, e a cidade de Maputo.

Mateus Maquele, secretário do bairro Ngomene, em Machangulo, falando ao jornalNotícias, disse que as populações daquela região sofrem e pedem a alocação de uma ambulância e meios de transporte terrestre e marítimo para garantir a mobilidade de pessoas e bens.

Maquele referiu que desde que foi interdito o serviço de transporte de passageiros, via marítima, devido aos naufrágios que frequentemente se registavam nos barcos de pesca e transporte de carga, as deslocações de e para aquela região se tornaram um pesadelo.

A fonte acrescentou que para chegarem à cidade de Maputo os habitantes de Machangulo são obrigados a usar a via que passa da Reserva Especial de Maputo, uma rota muito longa e perigosa, devido à presença de animais bravios e apenas transitável por viaturas com tracção às quatro rodas.

O secretário apontou também a falta de ambulância como sendo o auge do sofrimento dos habitantes de Machangulo.

“Outro grande problema que apoquenta a nossa população é a falta de ambulância para transportar doentes para o hospital da vila-sede de Matutuíne, para pacientes que necessitam de intervenção dos serviços não disponíveis localmente. Para o efeito recorremos a viaturas particulares que não oferecem as mínimas condições para transportar doentes e numa via não preparada para o trânsito automóvel”.

Afirmou que já se registaram casos em que os doentes ficaram retidos no meio da mata, impedidos de prosseguir a viagem pela presença de elefantes, e  às vezes cercados por estes mamíferos de grande porte.

“Enquanto se espera que estes animais de grande porte abandonem o local  para se retomar a marcha da viatura, a doença dos pacientes agudiza-se e em certos casos a pessoa morre”- disse a terminar, reiterando a necessidade de alocação dos meios solicitados com a brevidade possível.

SAMUEL UAMUSSE

Comments

Subcategorias

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction