DEZASSEIS vias de acesso dos distritos municipais KaMpfumu e KaMaxaqueni, na cidade de Maputo, vão ser reabilitadas nos próximos tempos, o que vai melhorar a circulação de viaturas e criar alternativas de trânsito para os citadinos.

A MCA foi a empresa adjudicatária, estando já no terreno a executar as obras, avaliadas em mais de 69 milhões de meticais provenientes dos impostos municipais.

Trata-se da Avenida Keneth Kaunda; das ruas de Kassuende, José Craveirinha, João Mulungo, Ngungunhana; as ruas números 3256, 3254, 3252, 3454, 3257, 3415, 3258, 3253, 1253; da Praceta da Assembleia da República, Impasse Emília Daússe, bem como o acesso à sede do bairro da Maxaquene.

Segundo Victor Fonseca, vereador do pelouro de Infra-estruturas no Conselho Municipal de Maputo, as rodovias fazem parte de um lote que ficou por ser intervencionado na reabilitação de infra-estruturas viárias nos dois distritos municipais.

“Deste lote fazem parte algumas estradas que ficaram de fora quando reabilitámos algumas vias no KaMpfumu e KaMaxaqueni. Estamos a falar da Avenida Keneth Kaunda; ruas de Kassuende, José Craveirinha, que reclamam obras de reabilitação há algum tempo”, afirmou.

O vereador avançou ainda que a intervenção consistirá na resselagem ou reposição do pavimento e reabilitação de alguns sistemas de drenagem visando à melhoria do escoamento das águas pluviais.

“Vamos proceder à reabilitação de algumas infra-estruturas e reconstruir outras que se encontram completamente degradadas. Nalguns casos, faremos o restabelecimento do pavimento”, disse o vereador.

Versão-Impressa


Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 23 Junho 2017
DOIS momentos marcaram esta semana o contacto entre o Banco de Moçambique e a comunicação social, nomeadamente o ponto de situação da economia nacional e os esclarecimentos à volta do processo que culminou com a venda do Banco Moza à Kuhanha –... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Mandimba faz de tudo para não passar fome
Terça, 27 Junho 2017
Há cada vez menos pessoas a se envolverem no cultivo e comercialização de tabaco, no distrito de Mandimba, província de Niassa, desânimo associado à falta de chuvas que se registou na campanha agrária passada e que provocou prejuízos enormes aos produtores. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,83 60,97
ZAR 4,66 4,75
EUR 66,81 68,07

22.06.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

CONTRA as minhas próprias convicções, sou impelido a concordar ...
2017-06-27 06:45:03
ESTÁ um frio do catano. Me penetra até aos ossos, que os imagino ...
2017-06-27 06:43:12
EM 1975, eu ainda era pequeno. Com a idade que tinha, naturalmente não me ...
2017-06-26 07:35:13
A PREPARAÇÃO para ir a Foto Mia, a única casa de fotografia de ...
2017-06-26 07:30:10
NOS últimos dias, a actividade de “car wash” na cidade de Maputo ...
2017-06-26 07:25:47

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 2009 visitantes em linha