A ESCOLA Primária Completa da Coop, na cidade de Maputo, conta desde ontem com novos sanitários e um novo sistema de abastecimento de água, com os respectivos bebedores.

As infra-estruturas foram respostas depois de um pedido formulado pelos alunos deste estabelecimento de ensino ao presidente do Conselho Municipal, David Simango, na última visita que efectuou àquele estabelecimento de ensino, em Setembro do ano passado.

No acto da entrega dos empreendimentos, David Simango explicou que as benfeitorias em causa  não resolvem os problemas da escola, mas vão ajudar sobremaneira a minimizar as necessidades das crianças.

O “Notícias” soube que no mesmo pacote a EPC da Coop recebeu mobiliário composto por carteiras para alunos, secretárias e cadeiras para professores, tudo com intuito de proporcionar conforto à pequenada.

“Depois que um grupo de alunos me  interpelou e pediu água fiquei muito sensibilizado. Daí que quando saí da escola procurei quem pudesse ajudar na resolução desta preocupação, depois nos apercebemos que os sanitários estavam em péssimas condições e decidimos avançar no seu melhoramento”, disse Simango.

O presidente do município entende que é inconcebível que uma escola localizada no centro da cidade não tenha condições básicas, como sanitários e água. Na próxima etapa vai-se proceder à reabilitação das salas de aula.

“A ideia é proporcionar melhores condições para as nossas crianças”, disse Simango.

Entretanto, Marcolino Tchamo, director da EPC da Coop, garantiu que vão fazer o melhor uso das infra-estruturas, garantindo a sua manutenção, pois têm um grande significado porque os alunos passavam maus momentos antes da sua instalação.

Na mesma ocasião, Simango procedeu à entrega de “kits” de material escolar às crianças desfavorecidas. 

Ainda no mesmo contexto, três mil crianças da Escola Primária Completa das FPLM, no bairro Maxaquene “A”, vão beneficiar dareabilitação das infra-estruturas de abastecimento de água e saneamento.

A iniciativa é da organização não-governamental italiana WaterSanitationfortheUrbanPoor (WSUP). A mesma visa melhorar as condições sanitárias das escolas para prevenir doenças resultantes do deficiente saneamento, como é o caso da cólera.

Segundo Carla Costa, representante da associação em Moçambique, para além da construção das infra-estruturas, o projecto inclui a sensibilização da comunidade escolar sobre as boas práticas de higiene individual e colectiva.

Costa referiu que os professores e funcionários da escola serão formados em matérias ligadas ao saneamento e conservação das estruturas a serem reabilitadas. No mesmo quadro serão feitas campanhas explicando aos mais novos sobre como usar de forma consciente as casas de banho e a água.

A representante da WSUP referiu que para evitar doenças ligadas ao mau saneamento, bastam pequenas acções, como lavar as mãos com sabão antes das refeições.

Além da Primária das FPLM, a fonte referiu que a sua organização está a desenvolver as suas acções em mais escolas da cidade capital.

Versão-Impressa


Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 16 Junho 2017
A CIDADE de Tete acolheu semana passada o fórum de infra-estruturas que, pela sua importância, contou com a participação do Presidente da República, Filipe Nyusi. O evento destinava-se a mobilizar recursos de forma a priorizar acções nas... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Ponte Dona Ana: Obras da passadeira relançam...
Terça, 20 Junho 2017
OS habitantes do vale do Zambeze, de que fazem parte as províncias de Manica, Sofala, Tete e Zambézia, estão bastante optimistas no incremento das trocas comerciais, quando for concluída, próximo mês, a reabilitação e iluminação da passadeira na ponte Dona Ana, que liga a vila municipal de Nhamayabwe, distrito de Mutarara, em... Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,83 60,97
ZAR 4,66 4,75
EUR 66,81 68,07

22.06.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

GOSTEI da sua crónica, mas queria lhe dizer que os distritos de ...
2017-06-22 08:23:06
A LEI e a ética são duas ordens normativas que coincidem no objectivo ...
2017-06-21 07:50:38
CIRCULO pelas bandas do Alto-Maé, num destes dias e dei de “cara” ...
2017-06-21 07:47:24
OS povos moçambicano e zimbabweano são irmãos e vizinhos desde ...
2017-06-21 07:45:38
OS cubanos estão a atravessar uma fase muito delicada da sua história. ...
2017-06-20 07:31:53

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 2560 visitantes em linha