A BARRAGEM de Corumana, localizada no distrito da Moamba, anteriormente vocacionada para alimentar o sistema de irrigação e uma produção reduzida de energia eléctrica, vai passar, na próxima época chuvosa, a reforçar o abastecimento de água às cidades de Maputo e Matola, e ainda a vila de  Boane.

Tal vai ajudar a colmatar as restrições de água, que as três regiões do país enfrentam desde Janeiro.

Para o efeito, segundo o director-geral da Administração Regional das Águas do Sul (ARA-Sul), Hélio Banze, está a ser construída uma conduta de cerca de 95 quilómetros, que vai permitir o fornecimento de água da barragem para o Centro Distribuir da Machava.

O sistema será alimentado pela Estação de Tratamento de Sábiè, que também estará operacional na mesma altura.

A empreitada está sob a alçada do Fundo de Investimento e Património do Abastecimento de Água (FIPAG), num valor de 178 milhões de dólares, e contempla a construção de uma estação de tratamento de água com capacidade para 60 mil metros cúbicos deste recurso por dia, o lançamento de cerca de 95 quilómetros de condutas de transmissão, com uma capacidade de 120 mil metros cúbicos diários, bem como reservatórios, estações de bombagem e outras obras anexas. O mesmo irá beneficiar um universo de 560 mil novos consumidores de áreas não servidas em Maputo e Matola.

De acordo com o director-geral da ARA-Sul, que falava recentemente no contexto de um seminário de capacitação dos técnicos em matéria de “procurement”, disse que a actual disponibilidade de água na Barragem de Corumana anima a instituição que dirige.

“Quando iniciou a época chuvosa, estávamos com aproximadamente 7 por cento da capacidade instalada na barragem e terminámos nos 60 por cento, um aumento que nos deixa satisfeitos. A barragem tem a capacidade de retenção de 880 milhões de metros cúbicos de água. Actualmente, a mesma tem disponíveis 588 milhões de metros cúbicos”, explicou.

Por seu turno, Calisto Mabote, director da Unidade de Gestão da Bacia do Incomáti, avançou que a ARA-Sul está a projectar a colocação de comportas no descarregador de cheias da Barragem de Corumana ainda este ano. O empreendimento deverá permitir o aumento substancial da capacidade de armazenamento.

Afirmou que a barragem passará a ter a capacidade de pouco mais de 1240 milhões de metros cúbicos, viabilizando o aproveitamento para o abastecimento de água à cidade de Maputo, para agricultura e produção de energia.

“O financiamento para a instalação das comportas já existe, faltando apenas pormenores para que as obras arranquem efectivamente”, disse.

Versão-Impressa


Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 23 Junho 2017
DOIS momentos marcaram esta semana o contacto entre o Banco de Moçambique e a comunicação social, nomeadamente o ponto de situação da economia nacional e os esclarecimentos à volta do processo que culminou com a venda do Banco Moza à Kuhanha –... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Mandimba faz de tudo para não passar fome
Terça, 27 Junho 2017
Há cada vez menos pessoas a se envolverem no cultivo e comercialização de tabaco, no distrito de Mandimba, província de Niassa, desânimo associado à falta de chuvas que se registou na campanha agrária passada e que provocou prejuízos enormes aos produtores. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 45,25 46,43
ZAR 4,65 4,73
EUR 67,26 68,57

28.06.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

UM dos temas mais debatidos nos últimos dias, no país, tem a ver com a ...
2017-06-28 07:45:45
UM jornal da praça publicou recentemente uma entrevista concedida pelo ...
2017-06-28 07:43:52
CONTRA as minhas próprias convicções, sou impelido a concordar ...
2017-06-27 06:45:03
ESTÁ um frio do catano. Me penetra até aos ossos, que os imagino ...
2017-06-27 06:43:12
EM 1975, eu ainda era pequeno. Com a idade que tinha, naturalmente não me ...
2017-06-26 07:35:13

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1982 visitantes em linha