A POPULAÇÃO da cidade de Maputo tende a registar um enorme crescimento nos últimos anos, como resultado do aumento da taxa de natalidade e das imigrações. Dados estatísticos actualizados situam em pouco mais de 1.094.000 o número de habitantes (um milhão e noventa e quatro mil), facto que remete a enormes desafios o governo da capital na disponibilização de serviços básicos, provisão de alimentos e alocação de infra-estruturas que respondam à demanda.

Entretanto, a esperança de vida para os homens passou de 53 anos de idade, em 2007, para 55  e, para as mulheres, de 59 para 63 anos de idade. Os dados foram revelados esta terça-feira pelo delegado do Instituto Nacional de Estatística (INE) na cidade de Maputo, Evaristo Manhenge, por ocasião da passagem do Dia Mundial da População.

Manhenge disse que um dos principais desafios prende-se com a procura de espaço para a habitação por parte da camada jovem, que também compõe a maioria populacional. A resposta a esta necessidade revela-se contraditória à demanda, configurando, deste modo, que a maioria dos jovens casados opte pelas zonas periféricas da cidade para construção.

“A pirâmide populacional é caracterizada pela crescente natalidade e pela camada jovem. Da faixa etária de 20 a 24 anos temos uma projecção de 139 mil habitantes a nível da cidade”, disse.
Manhenge acrescentou que a taxa de mortalidade para as mulheres na capital do país é de 43,4 por cento e de homens 52,7 por cento.

Em 1980, a cidade de Maputo contava com uma média populacional de 770 mil habitantes e em 1997 subiu para 997 mil.

A celebração desta data, que teve lugar na Escola Secundária de Laulane, arredores da cidade de Maputo, serviu também para reflexão em torno da saúde sexual e reprodutiva para adolescentes e jovens, bem como sobre o combate ao consumo de drogas.
O Dia Mundial da População foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1989, dois anos após o número da população mundial ter atingido cinco biliões de habitantes, a 11 de Julho de 1987.

Estima-se que a evolução da população mundial registe um aumento anual de 75 milhões de pessoas.
Este ano a efeméride celebra-se sob o lema: promover o planeamento familiar empoderando as mulheres e raparigas para desenvolver Moçambique.

(Notícias/AIM)

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 21 Julho 2017
Há pelo menos duas sensações com que se fica, lendo as conclusões e recomendações da última missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) a Moçambique, no final de uma visita de pouco mais de uma semana. Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
NACALA-À-VELHA: A rota dos grandes investimentos
Quinta, 20 Julho 2017
DUAS novas centrais para conversão de gás natural em energia eléctrica, com potência estimada em 400 megawatts cada vão ser construídas no distrito de Nacala-à-Velha, facto que coloca novamente esta região, da província de Nampula, na órbita de grandes investimentos, depois da construção e... Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,16 61,29
ZAR 4,58 4,67
EUR 68,75 70,04

17.07.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

ENQUANTO muitos debatem a opinião do Chefe do Estado moçambicano sobre ...
2017-07-21 23:30:00
O FUTEBOL é um dos desportos mais “cabeça dura” que ...
2017-07-21 23:30:00
HÁ dias o académico José Diquissone Tole, também ...
2017-07-21 23:30:00
O dia 18 de Julho, dia em que se comemora o aniversário natalício de ...
2017-07-21 06:48:05
TIVE o grato privilégio de estar presente recentemente numa palestra cujo ...
2017-07-21 06:45:58

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 3118 visitantes em linha