Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

A CIDADE de Maputo tem vindo a registar um aumento da procura de serviços de fisioterapia e reabilitação devido a doenças ortopédicas e traumatologias.

Com efeito, só no primeiro semestre do ano em curso o sector assistiu 2.087 pessoas, uma subida na ordem de 38 por cento em relação a igual período de 2016, em que foram realizadas 1.694 consultas, correspondentes a 23 por cento.

As doenças ortopédicas e as traumatológicas são as principais causas da procura de serviços fisioterapêuticos, tendo-se registado, no período em análise, 596 e 149 casos, respectivamente.

Apesar dos resultados animadores na reabilitação em resultado de aprovisionamento de mais recursos humanos e de infra-estruturas necessárias para o tratamento, o sector mostra-se preocupado com abandonos do tratamento por parte dos pacientes e parentes destes, alegadamente por se tratar de um procedimento demorado.

A propósito, Alice de Abreu, directora da Saúde ao nível da cidade de Maputo, que falava ontem por ocasião da celebração do Dia Mundial da Fisioterapia, apontou a redução do tempo de espera, a disponibilidade de equipamentos e a expansão dos serviços aos distritos municipais como principias desafios do sector.

“Gostaríamos de apelar aos pacientes e aos parentes destes para não interromperem o tratamento, pois o objectivo é ver mais pessoas, especialmente crianças, envolvidas neste processo de superação física e intelectual”, indicou Alice de Abreu.

“Temos resultados positivos. Diga-se que a fisioterapia faz milagres na saúde física das pessoas, contudo, há ainda desafios visando maior cobertura dos serviços”, acrescentou.

No mesmo diapasão, Lídia Chongo, representante do Ministério da Saúde (MISAU), enalteceu o esforço dos profissionais de fisioterapia pelo empenho na prestação de serviços, tendo apontado a necessidade de a sociedade pautar pela prática de actividades físicas regulares, alimentação saudável e medidas de prevenção de acidentes.

Entretanto, ainda ontem, os participantes da cerimónia, que decorreu sob o lema “Actividade Física pela Vida”, beneficiaram de diagnóstico e aconselhamento numa feira de saúde que teve como palco o Centro de Reabilitação Infantil da Malhangalene.

O momento foi usado também para sessões de yoga e de música na voz da cantora Pureza Wafino.

Sábados

CLICKADAS

TEMA DE ...

A multiplicidade étnica e religiosa é, sem dúvida, uma ...

...

A busca por um sistema educacional que incluísse as línguas, ...

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction