A ARGUIDA no caso FDA, Setina Titosse, refutou ontem as acusações de desvio de fundos da instituição que dirigia, expondo que o dinheiro apontado nos autos como sendo referente a contrapartidas cobradas a seu favor a alguns mutuários e empresas resulta da venda de parte do seu gado que, segundo ela, era muito procurado no mercado.

Na audiência judicial para a produção de prova, Setina Titosse disse que é criadora de gado desde 2002, tendo chegado a ter mil cabeças.  

“Nalgumas vezes compravam comigo e noutras com a Milda Cossa, minha assistente e pessoa que geria os meus negócios. Devido à minha ocupação e falta de tempo, Milda é quem tratava dos meus assuntos privados, recebendo dinheiro e efectuando pagamentos. Nas minhas contas entravam e saiam valores, sem que me preocupasse de onde vinham. A minha preocupação era ver o negócio de gado a andar”, declarou Setina Titosse. 

Entre os vários pagamentos feitos, a ré disse que Milda Cossa, cuja conta bancária transacionou cerca de 56 milhões de meticais provenientes da fraude, foi quem transferiu o dinheiro para a Toyota de Moçambique e Ronil, onde foram adquiridas as viaturas.

Segundo a ex-PCA do FDA, Milda Cossa, por sinal sua sobrinha, pelo trabalho que lhe prestava recebia uma remuneração mensal de 15 mil meticais. 

Admitiu que a propriedade São Martinho Beach Club, na praia do Bilene, é sua e que ainda não passou para o seu nome porque falta concluir uma parte do pagamento. Segundo a acusação, a ré Milda Cossa, a mando da co-arguida Setina Titosse, emitiu um cheque de 5.670.000,00MT para a compra, valores que a acusação alega terem sido sacados no âmbito do esquema da fraude.

Setina admitiu ter ordenado a transferência, a título de empréstimo, de mais de três milhões de meticais para pagar uma casa do Projecto Intaka, cuja beneficiária é Natália Matuca, funcionária do FDA.

Quanto à compra de outros seis apartamentos, três dos quais registados em seu nome e da co-ré Neide Xerinda, disse não se recordar com exactidão da sua aquisição, mas que, pelo facto de ter feito o negócio, acabou por ser gratificada com uma casa que pagou a um preço bonificado.

O mesmo aconteceu em relação aos milhares de meticais transferidos pelas empresas KCI Investimentos e Simba Services, com a qual o FDA mantinha contratos de fornecimentos de produtos agrícolas, que a acusação aponta que Setina Titosse e Neide Xerinda foram gratificadas por terem viabilizado vários negócios.

“Nalguns casos as contrapartidas eram voluntárias, noutros era por direito, visto que quem conseguisse angariar cliente recebia cinco por cento de comissão. Do mesmo jeito, sendo uma instituição autónoma, decidimos pagar bónus aos funcionários do FDA como forma de os estimular a continuar a prestar bom serviço”, explicou Setina. 

Os estatutos do FDA dizem que os funcionários não podem beneficiar de qualquer crédito mas, segundo a acusação, violando as normas, sobretudo a falta de isenção e imparcialidade, muitos tiveram acesso aos empréstimos.

Setina Titosse declarou ao tribunal que isto aconteceu depois de ter recebido aconselhamento de um magistrado.

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 20 Outubro 2017
O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, manifestou há dias, e de forma particularmente severa, a sua preocupação em relação aos elevados índices de corrupção que se registam no país, tanto no sector público quanto no... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Caia vira corredor de desenvolvimento
Quinta, 19 Outubro 2017
O ADMINISTRADOR do distrito de Caia, João Saize, considerou, há dias, em entrevista ao nosso Jornal, que nos últimos oito anos a região se transformou num verdadeiro corredor de desenvolvimento, com a entrada em funcionamento da Ponte Armando Guebuza, em Agosto de 2009. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,70 61,84
ZAR 4,43 4,51
EUR 71,53 72,88

11.10.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ alguns anos, o Governo do ex- presidente moçambicano, Joaquim ...
2017-10-20 23:30:00
MAIS um linchamento ocorreu ao princípio desta semana na cidade da Beira, ...
2017-10-20 23:30:00
TURMA, não posso ignorar esta chamada, serei rápido. Enquanto estou ...
2017-10-20 23:30:00
MOCÍMBOA da Praia, na província de Cabo Delgado, está desde ...
2017-10-19 23:30:00
Passam cerca de duas semanas que contei a história onde o personagem ...
2017-10-19 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 2046 visitantes em linha