Começou na tarde de ontem a fixação do tabuleiro principal da ponte Maputo-KaTembe, processo que deverá terminar no início ou meados de Novembro.

Trata-se de uma plataforma de 680 metros de extensão e 24 de largura suspensa em cabos de aço a 60 metros acima das águas da baía de Maputo, que vai ligar a margem da Baixa com KaTembe.

A infra-estrutura vai transformar significativamente a vista da zona portuária da capital.  

A primeira peça foi amarrada aos cabos no centro do vão, devendo-se, progressivamente, fixar-se uma de forma alternada até aos extremos norte e sul da ponte.

A movimentação do módulo do navio até ao local da fixação teve início por volta das 13 horas e só foi concluída pouco depois das 16 horas, altura em que, como tradição do empreiteiro, houve disparos de fogo-de-artifício. Terminara, afinal, a colocação do primeiro módulo dos 57 que irão compor o tabuleiro da ponte!

O ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, Carlos Bonete, que cerca das 15 horas chegou ao Porto de Maputo para assistir ao trabalho, disse que, se as condições atmosféricas não inviabilizarem, a montagem do tabuleiro será concluída em menos de 45 dias.

Bonete acrescentou que a construção da ponte Maputo-KaTembe entrou já nos seus últimos 15 por cento, esperando-se que os empecilhos que têm adiado alguns avanços sejam removidos rapidamente.

Bai Pengyu, um dos gestores da China Road and Brigde Corporation, empreiteiro da obra, descreveu a fixação do primeiro módulo como uma importante etapa da obra, pois, regra geral, é a parte mais complicada.

Acrescentou que os trabalhos prosseguem hoje com a montagem do segundo módulo e garantiu que dentro de um mês os citadinos poderão ver a ponte sobre a baía de Maputo.

Seguir-se-ão trabalhos de pintura e demais acabamentos, bem como inspecções de segurança antes de se dar a colocação da plataforma por terminada.

As 57 peças do tabuleiro chegaram a Maputo a 27 de Setembro e no dia seguinte começou a sua movimentação.

Foram transportadas quatro para o lado da KaTembe e igual número posicionado junto à torre norte, no Porto de Maputo.

As primeiras oito peças retiradas do navio vão compor os extremos do tabuleiro principal e serão as últimas a serem montadas por questões técnicas.

Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 20 Outubro 2017
O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, manifestou há dias, e de forma particularmente severa, a sua preocupação em relação aos elevados índices de corrupção que se registam no país, tanto no sector público quanto no... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Caia vira corredor de desenvolvimento
Quinta, 19 Outubro 2017
O ADMINISTRADOR do distrito de Caia, João Saize, considerou, há dias, em entrevista ao nosso Jornal, que nos últimos oito anos a região se transformou num verdadeiro corredor de desenvolvimento, com a entrada em funcionamento da Ponte Armando Guebuza, em Agosto de 2009. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,70 61,84
ZAR 4,43 4,51
EUR 71,53 72,88

11.10.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ alguns anos, o Governo do ex- presidente moçambicano, Joaquim ...
2017-10-20 23:30:00
MAIS um linchamento ocorreu ao princípio desta semana na cidade da Beira, ...
2017-10-20 23:30:00
TURMA, não posso ignorar esta chamada, serei rápido. Enquanto estou ...
2017-10-20 23:30:00
MOCÍMBOA da Praia, na província de Cabo Delgado, está desde ...
2017-10-19 23:30:00
Passam cerca de duas semanas que contei a história onde o personagem ...
2017-10-19 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1445 visitantes em linha