Trinta alunos de diversas escolas da cidade de Maputo visitaram, sexta-feira última, a Reserva Especial de Maputo (REM), localizada a sul da província de Maputo, numa acção promovida pelo Instituto Nacional de Turismo (INATUR).

O objectivo da iniciativa, segundo Nuno Fortes, director de Marketing do INATUR, é trazer aos jovens estudantes uma realidade diferente, consciencializando-lhes da importância de fazer turismo e preservar o meio ambiente.

“Queremos resgatar os valores dos jovens, que ainda não perceberam o quanto é benéfico desfrutar do que o país oferece”, disse Fortes.

A fonte explicou que o projecto visa unir o turismo, a cultura e a educação, de forma a que os estudantes aprendam, desde cedo, como preservar e cuidar do meio ambiente.

O trajecto foi acompanhado por guias de turismo local, que não se abstiveram de contar histórias e revelar curiosidades. Os alunos divertiram-se, conhecendo árvores centenárias, relembrando histórias do passado da reserva e avistando vários animais, como elefantes, gazelas, hipopótamos, entre outros que nunca tinham visto de perto antes.

Alguns alunos, que falaram ànossa reportagem durante o passeio, não esconderam a sua emoção e comprometeram-se adifundir, para os colegas que não puderam estar presentes na visita, as maravilhas que viram e que a natureza proporciona.“Nada melhor do que ver além do que os livros mostram”, afirmaram.

Segundo Nuno Fortes, esta é uma nova abordagem que o INATUR adoptou, sendo a primeira de muitas que irão acontecer. Neste contexto, está programada uma acção igual para a província de Gaza, no Parque Nacional de Limpopo; na província de Sofala, o Parque daGorongosa; e, eventualmente, ainda este ano, Lichinga, para visitar a reserva do Niassa.

Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 23 Fevereiro 2018
A TRAGÉDIA que se abateu sobre a cidade de Maputo, na madrugada desta segunda-feira, matando 16 pessoas e ferindo outras tantas, em consequência do deslizamento do lixo nas proximidades do aterro de Hulene, chama à atenção para a necessidade de reflectirmos sobre o... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Pressão social empurra meninas para uniões...
Sexta, 23 Fevereiro 2018
Raparigas da localidade de Massaca, distrito de Boane, queixam-se da pressão social e dizem que está na origem dos casamentos prematuros. Com efeito, é-lhes dito que estando no lar vão dignificar a família e a comunidade, e muitas cedem a este conselho que as empurra para um futuro incerto. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,31 59,47
ZAR 4,74 4,83
EUR 70,23 71,64

25.01.2018   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

PARECE haver motivos bastantes para emprestar as palavras do polémico ...
2018-02-24 00:30:00
O SONO é um veneno que embriaga, paralisa o corpo, corta os movimentos e guia ...
2018-02-24 00:30:00
“Ide por todo o mundo, anunciai a Boa Nova a toda criatura” – Mc ...
2018-02-23 00:30:00
Há reportagens antigas  – nos jornais e televisões -  ...
2018-02-23 00:30:00
SÓ posso começar o presente texto dizendo mesmo isto: INAE, já ...
2018-02-23 00:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1873 visitantes em linha