MAIS de 300 mil crianças, entre os cinco e 14 anos de idade, poderão beneficiar de desparasitação, na semana em curso, nos vários estabelecimentos de ensino da cidade de Maputo, no âmbito do combate às doenças relacionadas com a higiene deficiente.

A campanha de desparasitação decorre sob o lema “Tratamento massivo de parasitoses intestinais”.

Para o efeito, foram criadas brigadas compostas por técnicos do ramo de prevenção, que estão a prestar serviços nas escolas, orfanatos, internatos e, em alguns casos, aos domicílios, onde cada criança é administrada um comprimido.

Segundo Bélia Xirinda, chefe do Departamento de Saúde Pública na Direcção de Saúde da Cidade de Maputo, estes foram identificados como sendo lugares de maior aglomeração de crianças.

Conforme disse, vómitos, diarreias, perda de peso e falta de apetite são alguns dos sinais de parasitoses intestinais, popularmente conhecidas por “lombrigas”.

“Há muitas crianças em situações graves, como a má nutrição, devido às parasitoses intestinais, que prejudicam o aproveitamento escolar das crianças e, em última instância, podem levar à morte. Por isso, apelamos ao maior envolvimento da população na prevenção de doenças”, disse Bélia Xirinda.

Mesmo sem adiantar dados comparativos, a Direcção da Saúde da Cidade de Maputo aponta para um aumento em cem por cento de casos de parasitoses no primeiro semestre do ano em curso, se comprado com igual período de 2016.

Na capital do país estão abrangidos todos os distritos municipais, nomeadamente KaMpfumo, KaMubukwane, Nlhamanculo, KaMaxaquene, KaMavota, KaTembe e KaNyaca.

Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 20 Outubro 2017
O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, manifestou há dias, e de forma particularmente severa, a sua preocupação em relação aos elevados índices de corrupção que se registam no país, tanto no sector público quanto no... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Caia vira corredor de desenvolvimento
Quinta, 19 Outubro 2017
O ADMINISTRADOR do distrito de Caia, João Saize, considerou, há dias, em entrevista ao nosso Jornal, que nos últimos oito anos a região se transformou num verdadeiro corredor de desenvolvimento, com a entrada em funcionamento da Ponte Armando Guebuza, em Agosto de 2009. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,70 61,84
ZAR 4,43 4,51
EUR 71,53 72,88

11.10.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ alguns anos, o Governo do ex- presidente moçambicano, Joaquim ...
2017-10-20 23:30:00
MAIS um linchamento ocorreu ao princípio desta semana na cidade da Beira, ...
2017-10-20 23:30:00
TURMA, não posso ignorar esta chamada, serei rápido. Enquanto estou ...
2017-10-20 23:30:00
MOCÍMBOA da Praia, na província de Cabo Delgado, está desde ...
2017-10-19 23:30:00
Passam cerca de duas semanas que contei a história onde o personagem ...
2017-10-19 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1362 visitantes em linha