Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

A SUSTENTABILIDADE e reestruturação da Cruz Vermelha de Moçambique (CVM) foram acento tónico da oitava sessão ordinária da assembleia-geral desta intuição, que encerrou hoje na capital do país.

A propósito, Xavier Júnior, presidente da Cruz Vermelha de Moçambique, afirmou que a sessão foi determinante para o futuro da organização, tendo em vista a conquista da confiança dos parceiros de cooperação perante a crise.

Apontou que alguns parceiros de cooperação haviam abandonado a organização devido ao incumprimento de directrizes estabelecidas, mas a situação já está ultrapassada.

“Hoje, embora ainda persistam alguns problemas, sentimo-nos um pouco aliviados, porque conseguimos estancar os problemas mais graves que colocavam a organização numa situação desprestigiante, prejudicando os beneficiários das nossas actividades”, disse Xavier Júnior.

Na reunião, foi aprovado o Plano Estratégico 2018-2021, que prevê a redução do impacto dos desastres, a provisão de água potável e protecção dos idosos, sobretudo nas comunidades, como alguns dos desafios.

 

Sábados

CLICKADAS

TEMA DE ...

A multiplicidade étnica e religiosa é, sem dúvida, uma ...

...

A busca por um sistema educacional que incluísse as línguas, ...

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction