Desconhecidos assassinaram um padre católico na noite de domingo, na cidade da Beira. Trata-se de Landry Ibil Ikwel, de nacionalidade congolesa, que estava afecto à paróquia Sagrado Coração de Jesus, num acto que abalou a capital provincial de Sofala.

Informações prestadas ao “Notícias”, por fontes próximas, apontam que os malfeitores disferiram golpes no pescoço da vítima e ainda o obrigaram a ingerir produtos tóxicos não especificados.

As autoridades policiais lançaram-se no terreno para procurarem pistas dos autores do macabro acto. O porta-voz da corporação em Sofala, Daniel Macuácua, disse a jornalistas que a investigação está a decorrer. Segundo ele, a perícia que se fez na residência onde ocorreu o crime não encontrou evidências de ter ocorrido roubo.

Comments

 

A criminalidade e a inexistência de um posto de saúde continuam sendo as maiores preocupações da população do bairro do Ndunda, na cidade da Beira, segundo apurou o "Noticias" junto de alguns moradores daquela zona residencial. Leia mais.

Comments

O PRESIDENTE do Conselho Autárquico da Beira, Daviz Simango, convocou ontem a imprensa para anunciar que o órgão que dirige necessita de 888.447.517 milhões de dólares americanos para a reconstrução pós-"Idai".

Segundo o edil, o valor vai abarcar a recuperação das áreas de habitação e reassentamento, edifícios e instalações municipais, protecção costeira, drenagem, saneamento, estradas e outras áreas relevantes.

Falando no encontro do lançamento do Plano de Reconstrução e Resiliência da urbe, na qual participaram empresários, líderes tradicionais, religiosos e representantes das organizações da sociedade civil baseados na urbe, Daviz Simango afirmou que a autarquia não dispõe de recursos para a realização destas empreitadas.

Revelou aos participantes que estas necessidades já foram encaminhadas ao Conselho de Ministros e vai apresenta-los na conferência de doadores prevista para o fim deste mês, na cidade da Beira.

“Perante estas necessidades, apelamos ao Governo central e à comunidade internacional para que se concentrem nas necessidades das pessoas e das empresas, porque são vitais para a recuperação da cidade”, sublinhou.

Na sua alocução, o edil da Beira falou de cada área, com enfoque nas estratégias para fazer face às mudanças climáticas como vitais.

“O ciclone Idai atingiu a cidade da Beira na maré baixa, se tivesse chegado à Beira durante a maré alta, os níveis da água do mar teriam sido quase dois a cinco metros mais altos e a inundação da cidade a partir do mar teria sido pior”, explicou.

Quanto à drenagem, Simango referenciou como importante, porque durante as intempéries demonstrou ter funcionado sem qualquer sobressalto.

Falou do sistema de saneamento, gestão de resíduos sólidos, estradas e espaços públicos, habitação e assentamentos, edifícios e serviços municipais e extensões urbanas.

À margem do evento, o presidente da Associação Comercial da Beira (ACB), Jorge Fernandes, disse ao “Notícias” que as necessidades apresentadas pela edilidade espelham os grandes estragos causados pelo ciclone Idai.

A fonte disse aguardar com expectativa a conferência na qual poderão surgir possíveis parcerias para a reconstrução da urbe.

Comments

A LIGAÇÃO entre a Polícia e a comunidade no bairro da Munhava, na cidade da Beira, está a produzir resultados positivos, como a redução dos índices de criminalidade neste que é o bairro mais populoso da urbe. Leia mais.

Comments

O Primeiro-Ministro de Cabo Verde manifestou ontem o seu “orgulho” no trabalho desenvolvido pela missão cabo-verdiana a Moçambique, onde efectuou 1700 atendimentos às vítimas do ciclone Idai.

Ulisses Correia e Silva recebeu ontem a equipa desta missão - composta por quatro médicos, seis enfermeiros, uma psicóloga e um elemento da Protecção Civil – no Palácio do Governo, na Cidade da Praia, onde reconheceu o trabalho realizado pela missão cabo-verdiana “com o espírito de missão cumprida”.

Esta presença em Moçambique, afirmou Correia e Silva, “foi importante, não em termos de número, mas em termos de entrega, trabalho de terreno, que era importante assegurar”.

Ulisses Correia e Silva agradeceu à equipa que esteve a trabalhar em condições “difíceis” e a dar a contribuição de Cabo Verde “para minorar o quadro de sofrimento que este país atravessou”.

O cardiologista Fernando Tavares, que liderou a missão, contou que o trabalho da equipa começou assim que aterrou no aeroporto da Beira, em Moçambique.

O médico disse que será impossível esquecer o que viu nesses dias, num cenário de destruição provocada pelo ciclone Idai, que atingiu a região centro de Moçambique em meados de Março.

“Casas e carros espalhados pelas ruas, pessoas a mendigarem de uma forma geral, pessoas desanimadas, ruas desorganizadas, sem contar com as doenças que constatámos no terreno”, relatou.

Para Fernando Tavares, Cabo Verde levou a Moçambique a sua “bravura”, pois conseguiu fazer o melhor, apesar de ter uma equipa com poucos elementos.

“Não resolvemos todos os problemas, não resolvemos todas as situações difíceis que vimos”, afirmou, partilhando uma certeza: “deixámos saudades”.

Outro elemento desta equipa, o médico Mário Évora, sublinhou a complexidade da situação que encontrou no terreno, mas que não impediu que a missão se entregasse “a essa causa”.

“Quando lá chegámos a situação era caótica e adversa a todos os níveis e no terreno encontrámos situações com que nenhum de nós se tinha deparado”, afirmou.

O clínico recordou que, quando chegaram, a equipa da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), com quem articularam o trabalho, fazia entre 20 e 30 atendimentos diários, número que duplicou após a chegada dos cabo-verdianos.

Por seu lado, o médico Júlio Lima acrescentou que esta missão demonstrou que Cabo Verde é “um país rico pelos recursos humanos que tem”.

O ciclone Idai, que atingiu o centro de Moçambique, a 14 de Março, causou um total de 603 vítimas mortais, tendo afectado mais de 1,5 milhão de pessoas.

Comments
Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction