Imprimir
Categoria: Maputo
Visualizações: 571

Cinco ruas do aterro de Maxaquene passam a ter sentido único a partir de amanhã, numa medida que visa dar resposta ao elevado nível de conflito e fluxo rodoviário nesta zona, na cidade de Maputo.

As ruas abrangidas são as que registam, tanto nas horas normais de trabalho, assim como nas horas de ponta, maior movimento nos cruzamentos, criando dificuldades na fluidez do trânsito.

Trata-se da rua do Pântano, entre o prédio Jat 1 e Time Square; a rua 1233 - entre o edifício do BCI e prédio Hollard; avenida Zedequais Manganhela; a rua dos desportistas e a rua entre a Mcel e o Hotel Vip, que passam a ter sentido único.

Segundo o director do pelouro de Mobilidade, Transporte e Trânsito, Obadias Djedje, a zona do aterro de Maxaquene, ganhou, nos últimos tempos, grandes edificações que culminaram com muitos serviços e comércio atraindo um número significativo de visitas permanentes.

“Deste modo, a zona tem recebido muitas viaturas particulares, acima de tudo, procurando serviços que ali são disponibilizados, facto que origina muito fluxo de trânsito, e com acesso deficitário para o nível da demanda o que põe em causa a própria segurança rodoviária”, disse.

Paralelamente a esse trabalho, o Conselho Municipal da Cidade de Maputo, através da direcção de Transportes e Trânsito, está a reconfigurar o estacionamento nas mesmas vias, eliminando o estacionamento em espinha (oblíqua) para o estacionamento paralelo.