A IMPLEMENTAÇÃO do programa de educação inclusiva em Nampula está a resultar no aumento do efectivo escolar de crianças com necessidades educativas especiais.

A base de dados do sector da Educação indica que no ano lectivo de 2015 existiam 7611 alunos com deficiência a frequentar o ensino, mas já no ano em curso foram matriculadas 19.130 crianças.

Esta informação foi tornada pública há dias, na cidade de Nampula, durante a cerimónia de abertura da Semana da Educação Inclusiva, pelo chefe da Repartição de Necessidades Educativas Especiais, Armando Ichire, que destacou a redução dos casos de exclusão das crianças com deficiência do ensino como fruto da sensibilização das comunidades para uma mudança de atitude.

Aliás, Ichire afirmou que a sua instituição tem exortado a sociedade a manifestar a sua solidariedade e interajuda das crianças com e sem necessidades educativas especiais, através de acções conjuntas entre as instituições do Estado e os movimentos associativos que trabalham em prol das pessoas com deficiência.

O evento foi orientado pelo director do Serviço Distrital de Educação, Juventude e Tecnologia do distrito de Nampula, Henriques José, em substituição da directora provincial do sector, que elogiou o esforço desenvolvido pelos professores e alunos por uma educação mais inclusiva e de qualidade.

“A educação é um direito humano. Todos devem aprender, independentemente da sua condição física. Estamos convencidos que a sociedade está a acatar as linhas de acção para a implementação da estratégia sobre a educação inclusiva”, disse.

Henriques José reiterou que o papel dos pais não termina no simples facto de permitir o ingresso da criança na escola, porquanto existem outras responsabilidades.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction