Numa avaliação feita pelos munícipes da cidade de Nampula, atribuíram-lhe uma nota muito negativa, tendo em conta os níveis de degradação da autarquia e pela gestão, aparentemente, danosa e sem critérios claros, que, segundo alguns munícipes advogam, estar mais virada para o benefício dos seus colegas do partido em detrimento do bem comum. LEIA MAIS

Comments

QUANTIDADES consideráveis de rádios portáteis foram distribuídas há dias a um grupo de activistas, também designadas mentoras, do distrito de Nampula, para reforçar o trabalho que realizam na prevenção de riscos associados à gravidez precoce e mortalidade materno-infantil. Leia mais

Comments

O TRIBUNAL Judicial da cidade de Nampula condenou ontem a penas que variam de 3 meses a 8 anos de prisão 14 funcionários do Hospital Central de Nampula (IHCN) e da Direcção Provincial da Saúde por desvio de mais de 2 milhões e 747 mil meticais na maior unidade sanitária da província. Leia mais

Comments

HÁ cerca de dez anos, o então governo municipal da cidade de Nampula escolheu a zona de Natikiri para criar mais um bairro de expansão e ligá-lo ao centro urbano implantando algumas infra-estruturas sociais, mas sobretudo habitações condignas. Leia mais

Comments

As três principais barragens da província de Nampula atingiram o limite da sua capacidade de armazenamento, algo que permite operar os sistemas de abastecimento de água sem restrições ao longo dos próximos meses.

O director-geral da Administração Regional de Águas Centro-Norte (ARA-Centro-Norte), Carlitos Omar, disse, segunda-feira, durante um encontro do Comité Operativo de Emergência, que o facto resulta da passagem do ciclone Kenneth por aquela província.
“Em termos das albufeiras estamos a conservar água. Continuamos a ter 100 por cento de capacidade em Nampula, 95 em Nacala e 98 em Mujica, o que significa que iremos operar os sistemas de abastecimento sem problemas de restrições”, anotou, segundo a AIM.
Disse que após a passagem do ciclone Kenneth as bacias hidrográficas de Melúli e Mecúburi atingiram o seu nível de alerta, enquanto a do Lúrio apresenta níveis moderados, com tendência a subir.
“O tempo, de Janeiro a Março de 2019, foi caracterizado por períodos de incremento nas bacias do Lúrio, Mecúburi, Melúli e Monapo. Por exemplo, a de Melúli atingiu hoje (dia 29) o alerta com 4,8 metros em Namaíta, pelo que recomenda-se que a população residente em Namapa, Larde e Memba tome cuidado na travessia dos cursos de água e a sua retirada imediata para zonas altas e seguras”, disse.
Omar deixou também recomendações aos municípios de Nampula e Nacala-Porto para garantirem a limpeza dos sistemas de drenagem e valas nas cidades e bairros, devido ao risco moderado a alto de inundações, face à queda contínua de chuvas. 
“Na previsão para os próximos cinco dias mantemos os alertas nas bacias de Mecúburi e Melúli, face aos níveis hidrométricos altos actuais, e nas restantes bacias, Lúrio, Monapo e Ligonha, haverá oscilação, com tendência a baixar”, advertiu.
O delegado do Instituto Nacional de Meteorologia (INAM), Alberto Colarinho, que também participou no evento, anunciou que as previsões apontam para chuvas persistentes até 3 de Maio.
“O INAM prevê a continuação de chuvas fracas a moderadas, localmente fortes, 30-50 milímetros em 24 horas, acompanhadas de trovoadas locais, podendo soprar ventos e rajadas até 35 quilómetros por hora, em 18 distritos, exceptuando os do interior, tais como Murrupula, Ribáuè, Malema, Lalaua, Mogovolas e Mecúburi”, anunciou.
Por seu turno, o representante da Direcção Provincial da Educação e Desenvolvimento Humano, João Luís, disse que o ciclone destruiu dez salas de aula e duas casas de professores nos distritos de Memba, Eráti e Monapo.
Acrescentou que em alguns distritos a ocupação das salas de aula por famílias afectadas impediu a realização de provas semestrais, que foram remarcadas para a próxima semana.
Fazendo um balanço preliminar, o delegado do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades, Alberto Armando, disse que 900 pessoas foram afectadas pela passagem do ciclone Kenneth na província de Nampula, tendo-se registado a destruição de 147 casas nos distritos de Eráti, Nacarôa, Memba e Meconta.

 

Comments
Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction