Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

Opinião

Politica

GARANTIR maior transparência na gestão dos recursos naturais para assegurar a sua sustentabilidade para o benefício da economia nacional e do desenvolvimento do país ...

quarta, 21 novembro 2018
Leia +

Nacional

MOÇAMBIQUE completou na sexta-feira a electrificação das 154 sedes distritais, o que constitui um marco na história de expansão da rede eléctrica nacional. ...

quarta, 21 novembro 2018
Leia +

Autárquicas 2018

A VOTAÇÃO nas oito mesas cujos resultados foram anulados pelo Conselho Constitucional na autarquia de Marromeu, em Sofala, deverá ser repetida até ao dia 25 de Novembro ...

quinta, 15 novembro 2018
Leia +
Pub
SN

Desporto

A SELECÇÃO Nacional de Futebol de Sub-23 joga esta tarde (15:00 horas) cartada decisiva em Manzini frente à sua congénere de eSwatini, na segunda “mão” ...

terça, 20 novembro 2018
Leia +

Economia

O GOVERNO vai continuar a apoiar o desenvolvimento da pesca sustentável, introduzindo reformas que garantam a preservação dos recursos pesqueiros para as gerações ...

quarta, 21 novembro 2018
Read more

Tecnologias

A PREVENÇÃO e combate aos crimes cibernéticos e a provisão de serviços públicos digitais de qualidade ao cidadão foram a tónica dominante do I ...

quarta, 21 novembro 2018
Leia +

Uma quadrilha, composta por cinco indivíduos, foi detida, recentemente, na cidade da Beira, província de Sofala, por devastar uma vasta área de mangal e pescar grandes quantidades de camarão em período de defeso.

Segundo as autoridades, entre os envolvidos no crime ambiental, existe um agente da Polícia que autorizou a execução dos delitos. As fontes detalham que o grupo cortava estacas nos mangais na zona de Nhangau, na cidade da Beira.

Na posse dos indivíduos, cujas identidades não foram reveladas, foram apreendidos 20 canoas, mais de 50 redes nocivas à pesca, duas carrinhas de tracção animal e uma viatura. De acordo com as autoridades, o material era usado para a prática dos crimes ambientais.

César Mapossa, inspector de pescas, detalhou ainda que as redes e os produtos provenientes dos mangais, como estacas para construção civil e produção de lenha, serão incinerados. As canoas serão devolvidas aos proprietários mediante o pagamento de multas, que variam de 15 a 20 mil meticais por cada canoa.

Segundo o inspector de pescas, os detidos tinham ainda perto de 100 quilos de camarão, que agora está na posse das autoridades. Referiu que se prevê que o produto seja doado a instituições de caridade, se estiver em bom estado para o consumo, caso contrário será incinerado.

O mangal é um ecossistema costeiro de transição entre os ambientes terrestre e marinho. É uma zona húmida característica de regiões tropicais e subtropicais. Os mangais ocorrem ao longo de toda a costa de Moçambique, com excepção das zonas de dunas costeiras, mas são mais abundantes na região Norte, cobrindo uma área estimada em cerca de 400 mil hectares.

A destruição do mangal ao longo da costa moçambicana coloca em risco não só a sua existência, assim como a de espécies marinhas e aves que dele dependem para sobreviver.

O país possui uma das florestas de mangais mais extensas de África, mas nos últimos tempos tem-se verificado uma grande diminuição da sua área de distribuição, perda de habitat e capacidade de propagação.

Os motivos apontados para esta tendência são, de acordo com estudos recentemente publicados, a procura de espaço para dar lugar à construção de habitações, produção de carvão e lenha, entre outros fins.

Ambientalistas alertam ser urgente a protecção dos mangais, pois desempenham um importante papel no combate ao aquecimento global, uma vez que retém até 50 por cento do carbono emitido, contribuindo, deste modo, para a redução do efeito de estufa.   

Os ecossistemas cumprem uma série de funções, como a protecção da linha costeira da erosão, de tempestades e até de tsunamis. São importantes berçários para muitos animais marinhos. Servem também de repositório e de fonte de nutrientes.

Estes produzem mais de 95 por cento do alimento que o Homem captura no mar e no rio, sendo por isso a manutenção da floresta do mangal vital para a subsistência das comunidades pesqueiras que vivem em seu torno. 

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction