Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

Opinião

Politica

A Resistência Nacional de Moçambique (Renamo) marcou a sua presença no primeiro dia da campanha, fazendo passeata pelas ruas e avenidas dos bairros da cidade de Maputo e Matola, ...

terça, 25 setembro 2018
Leia +

Economia

O paísvai tornar-se auto-suficiente no frango de corte, a partir do próximo ano, altura em que se espera uma produção nacional de 128 mil toneladas face a um consumo ...

sábado, 22 setembro 2018
Read more
Pub
SN

Desporto

Dois indivíduos contraíram ferimentos grave e ligeiro  num acidente de viação, ao fim da manhã de hoje, envolveundo o autocarro da ENH de Vilankulo, ...

terça, 25 setembro 2018
Leia +

Nacional

Nove professores de diferentes níveis de ensino concorrem para a presidência dos cinco municípios da província de Inhambane, nomeadamente, a capital provincial, Maxixe, ...

terça, 25 setembro 2018
Leia +

A escolha do diálogo directo com a liderança da Renamo deve ser vista como uma estratégia pragmática para o alcance da paz e reconciliação entre os moçambicanos, e não como algum sinal de fraqueza ou de esquecimento de factos relevantes da história.

Esta explicação foi partilhada esta quinta-feira pelo Presidente da República, Filipe Nyusi, ao seu homólogo ugandês, durante o jantar de gala oferecido por ocasião da visita oficial que Yoweri Museveni efectua a Moçambique.

Destacando que a opção não deve ser vista como sinal de cedência a qualquer custo, o Chefe do Estado disse que o diálogo é um método pragmático de abordagem dos problemas do país, uma solução, segundo ele, funcional para a construção de um futuro de prosperidade dos moçambicanos, numa perspectiva de profundo respeito pela vida humana.

“Neste diálogo lográmos importantes consensos através dos quais acabámos com as hostilidades militares…”, destacou o Presidente da República.

Acrescentou que já iniciou o processo de diálogo com a nova liderança da Renamo, na esperança de que se finalize, rapidamente, o pacote legal de descentralização, o que implicará uma revisão pontual da Constituição da República. Vamos, em simultâneo, finalizar os assuntos militares que comportam o desarmamento, desmobilização e reintegração de elementos armados da Renamo, processo que já possui bases suficientes para ser iniciado”, disse o Presidente Filipe Nyusi.

No seu discurso, o Chefe do Estado disse que, a nível da União Africana, os esforços empreendidos por Moçambique e Uganda demonstram o seu empenho e contributo na operacionalização da arquitectura de paz e segurança da organização, sobretudo no que diz respeito à estratégia africana de prevenção e combate a fenómenos como o crime transnacional, terrorismo e o extremismo violento.

Referiu-se, igualmente, ao papel que os dois países têm desempenhado como actores da integração económica do continente africano, principalmente nomeadamente através da implementação da Agenda 2063 da União Africana, e adesão à Zona de Comércio Livre.

“É nossa convicção que estamos no bom caminho rumo à prossecução do desenvolvimento e do bem-estar dos nossos dois povos e países.Acreditamos que inspirados nos exemplos e referências de tenacidade, heroicidade, patriotismo e sentido de Estado poderemos dar os passos que se impõem para tirar os nossos países do ciclo vicioso da pobreza e subdesenvolvimento que se tornam cada vez mais injustificáveis. Não precisamos de mudar de hemisfério, nem de fugir das nossas tradições culturais, que são as nossas grandes conquistas e com que nos orgulhamos, como pretexto de operar mudanças económicas”, disse Nyusi no seu discurso.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction