PROVAVELMENTE uma das perguntas que nós fazemos, diariamente, é o que é a felicidade? Os religiosos, de acordo com a promessa divina, crêem ser um estado de espírito alcançável em comunhão com Deus. Ou então é o fim, na vida pós-morte, para quem vai ao Paraíso, como prémio de bom comportamento na Terra. Os ateus talvez digam que é a satisfação das suas vontades. Verdade ou não, o quotidiano vai mostrando que ser a razão de um sorriso, até mesmo alheio, é pelo menos um dos caminhos para alcançar esta resposta. A capacidade de proporcionar alegria para o outro é um gesto magnânimo. São pequenos sinais que fazem sorrir, profundamente, quem os recebe. E alguns desses gestos vemos aqui, como este de tirar um dia para ir visitar a Casa do Gaiato e oferecer artigos para os menores que lá residem. Tal e qual fez neste registo Claúdia Nyusi, a filha do Presidente da República, Filipe Nyusi. A riqueza desta atitude de semear sorrisos nos outros não está na dimensão ou quantidade do que temos a oferecer ou em algo palpável, mas está no sentimento. E são gestos que se devem ensinar desde cedo às crianças. Até porque a solidariedade não se limita, somente, na oferta. É também partilha. Programas familiares, os piqueniques que fazemos cada vez menos, podem deles brotar vários sorrisos que vão florir nos outros, e mesmo em quem proporciona o momento. Vê só a concentração da pequena, enquanto se lambuza com batatas fritas e outras iguarias. Alguns sorrisos, se quer estão estampados no rosto, a alma também tem das suas… De certeza a resposta não foi suficiente, mas estamos só à procura de possibilidades nesse sorriso que o caro leitor descobriu agora na ponta dos lábios.     

 

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,55 60,70
ZAR 4,37 4,45
EUR 69,97 71,32

15.12.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ uns anos um deputado da Assembleia da República, meu amigo,  ...
2017-12-15 23:30:00
IMPLICÂNCIA sem motivos. É comum não nutrirmos simpatia por ...
2017-12-15 23:30:00
AS FESTAS!... EM boa verdade elas, sobretudo as que se avizinham, são ...
2017-12-14 23:30:00
DEFINITIVAMENTE  não sou dono do meu tempo. Nunca fui, e jamais serei. ...
2017-12-14 23:30:00
TERMINEI o último artigo manifestando pesar pelo facto de as obras de ...
2017-12-14 23:30:00