O AVANÇO das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) hoje já até ultrapassa, em alguns casos, as utopias que alguns escritores previram nas suas ficções, no século passado. Só para citar um exemplo, é só recordar que um “smartphone” tem quase que as mesmas funções que um “laptop”, ou seja, o mundo está todo concentrado naquela caixinha de algumas gramas.

Naturalmente que, por um lado, este processo traz consigo algumas mudanças nas relações sociais, que nem sempre são positivas. Ao invés de aproximar, como era suposto, o efeito é contrário. Mas isolamento não é, de certeza, uma palavra que faça parte do vocabulário da comunidade jornalística. O seu ofício é já em si uma ginástica, mas enfim…a história tem que chegar ao público, independentemente das circunstâncias. Há quem, porém, se apropria das tecnologias como veículo de transmissão de sentimentos, para expressar pensamentos, como é o caso do músico Jomalu, que usa o poder dos microfones para, através da música, dizer o que lhe vai na alma. Parece, para já, que as artes são o espaço social que vão sempre se adaptando mais facilmente aos contextos sem, no entanto, perder a sua essência. Deixando de lado as tecnologias, as artes têm também o beneplácito de jamais reformar os seus profissionais e, diga-se, parece que a lógica do vinho se aplica: “quanto mais velho melhor”. Voltando às tecnologias, eis a prova do mal necessário que são. Se, por um lado, pode separar duas pessoas próximas, por outro, a sua ausência pode, praticamente, apagar um indivíduo do mapa social. 

 

 

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,31 59,47
ZAR 4,74 4,83
EUR 70,23 71,64

25.01.2018   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

PARECE haver motivos bastantes para emprestar as palavras do polémico ...
2018-02-24 00:30:00
O SONO é um veneno que embriaga, paralisa o corpo, corta os movimentos e guia ...
2018-02-24 00:30:00
“Ide por todo o mundo, anunciai a Boa Nova a toda criatura” – Mc ...
2018-02-23 00:30:00
Há reportagens antigas  – nos jornais e televisões -  ...
2018-02-23 00:30:00
SÓ posso começar o presente texto dizendo mesmo isto: INAE, já ...
2018-02-23 00:30:00