Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

O AL Ahly foi derrotado na visita ao campo do Étoile du Sahel da Tunísia, por 2-1, na primeira “mão” das meias-finais da Liga dos Campeões Africanos de futebol.

Alaya Brigui colou a equipa da casa a vencer aos 16 minutos. Enorme festa no “Stade Olympique”, mas Salah Gomaa empatou aos 66 minutos. Aos 74 minutos foi Mohamed Amine Ben a colocar de novo o Etoile à frente no marcador.

A segunda “mão” promete ser igualmente bem disputada entre os dois rivais do Magrebe, que por duas vezes já estiveram na final da Liga dos Campeões, em 2005 e 2007. A primeira final foi ganha pelo Al Ahly e a segunda pelo Esperance, o que remete um equilíbrio quando estes “colossos” do futebol africano se encontram.

Com oito títulos conquistados (1982, 1987, 2001, 2005, 2006, 2008, 2012 e 2013), o Al Ahly é o recordista.

Noutra meia-final, USM da Árgélia, que eliminou o Ferroviário da Beira nos quartos-de-final, empatou em casa com o Wydad de Marrocos, a zero golos.

Os jogos da segunda “mão” realizam-se entre os dias 20 e 21 de Outubro corrente.

Nesta edição, o campeão receberá um prémio monetário de 2,5 milhões de dólares, valor recorde, e ganha direito a participar no “Mundial” de Clubes, agendado para os Emirados Árabes Unidos, em Dezembro.

TP MAZEMBE

GANHA VANTAGEM

O TP Mazembe da RDCongo impôs-se em casa diante dos marroquinos do Fath Union Sport (F.U.S), vencendo, por 1-0, no encontro da primeira “mão” da Taça da Confederação Africana (CAF).

Noutro jogo das “meias”, o Super Sport da África do Sul e Club Africain da Tunísia empataram a uma bola.

O TP Mazembe e Club Africain ganham vantagem para os jogos da segunda “mão”, embora tudo continue em aberto.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction