Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

CRISTIANO Ronaldo é o melhor jogador do Mundo de 2017 para a FIFA. O internacional português foi distinguido em Londres, na gala “The Best” promovido pelo organismo. O avançado do Real Madrid renova assim o título, que conquistou em 2016.

Cristiano Ronaldo vence pela quinta vez a distinção da FIFA, que durante vários anos foi em conjunto com a France Football, que atribui a Bola de Ouro. Lionel Messi e Neymar Jr eram os outros nomeados.

O internacional português foi o melhor do Mundo em 2017, 2016, 2014, 2013 e 2008 e iguala-se ao astro argentino ao serviço do Barcelona, Lionel Messi. Refira-se que em 2008, ainda no Manchester United, o galardão era relativo a FIFA “World Player of The Year”.

Muito calmo, Cristiano Ronaldo regozijou-se por ser a quinta vez que é melhor jogador do Mundo, mas também por ser a 11ª ocasião que sobe ao palco da Gala da FIFA.

“É talento, trabalho duro e muita dedicação. Obrigado a todos, àqueles que votaram, aos meus colegas do Real Madrid, ao presidente do clube, à minha família”, comentou.

Já o melhor guarda-redes de 2017 é Gianluigi Buffon. É a primeira vez que a distinção é atribuída ao italiano da Juventus. Muito emocionado, Buffon reagiu ao prémio dizendo que se sentia muito feliz, por tratar-se de uma grande honra receber prémio na sua idade.

“Estou orgulhoso, mas quero agradecer aos meus colegas e treinador porque eles tornaram isto possível. Creio que o último ano foi uma época fantástica, mas não foi o suficiente para vencer na Europa. Espero que este ano possamos jogar melhor e com a selecção nacional e a Juventus. Gostaria de finalizar a minha carreira com uma fantástica vitória, se possível”, disse Buffon.

O prémio de melhor treinador pertence a Zinedine Zidane. O técnico francês do Real Madrid sucede ao italiano Claudio Ranieri.

“Quero agradecer a Cristiano, Tony Kroos, Marcelo e a todos os outros jogadores, graças a vocês estou aqui”, disse Zizou.

O prémio Puskas, o golo com um pontapé de escorpião, foi para Olivier Giroud. O francês do Arsenal sucede assim a Mohd Faiz Subri, da Malásia.

“Estou feliz por ter recebido este prémio, gostava de congratular os nomeados que marcaram golos fantásticos também. Gostava de agradecer aos meus colegas e à minha família. Gostava de dedicar este troféu ao meu pai”, afirmou Giroud.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction