O FERROVIÁRIO da Beira recebe, esta tarde, às 15.00 horas, o seu homónimo de Maputo em partida de acerto da 12.ª jornada do Moçambola-2017.

O encontro devia ter se realizado no fim-de-semana passado, mas, porque o Ferroviário da Beira tinha compromissos na Liga dos Campeões Africanos, acabou adiado para esta tarde e tudo indica que será bastante renhido, uma vez que os “locomotivas” do Chiveve, jogando no seu “ninho”, tentarão recuperar o terreno perdido. Neste momento, o Ferroviário de Maputo ocupa a terceira posição com 21 pontos, menos um que o segundo classificado, a Liga, e em caso de vitória troca de posição com este. O Ferroviário da Beira, por sua vez, está em quinto com 17 pontos e mesmo que vença manter-se-á na mesma posição, uma vez que o quarto, o Costa do Sol, tem 21.

Ainda hoje, o Chibuto e o Ferroviário de Nampula medem forças com a UP Lichinga e o Chingale, respectivamente, em jogos de acerto da 10.ª jornada, com os olhos apontados para o quito lugar.

Mas a tarefa do Chibuto e do Ferroviário de Nampula não se adivinha fácil visto que ambos jogam fora. Os “guerreiros” ocupam o sétimo lugar com 16 pontos, enquanto os “locomotivas” estão na sexta posição com 17. Na mira de ambos está o Ferroviário da Beira, o campeão em título, que soma também 17 pontos e pode cair dois lugares, caso os gazenses e nampulenses vençam.

Por outro lado, a UP Lichinga, no 11.º lugar, precisa de vencer para sair de perto da zona de despromoção, enquanto o Chingale, no 15.º, está mesmo na zona de descida e precisa de somar os três pontos para recuperar o terreno.   

O Moçambola é liderado pela UD Songo com 26 pontos.

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 23 Fevereiro 2018
A TRAGÉDIA que se abateu sobre a cidade de Maputo, na madrugada desta segunda-feira, matando 16 pessoas e ferindo outras tantas, em consequência do deslizamento do lixo nas proximidades do aterro de Hulene, chama à atenção para a necessidade de reflectirmos sobre o... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Pressão social empurra meninas para uniões...
Sexta, 23 Fevereiro 2018
Raparigas da localidade de Massaca, distrito de Boane, queixam-se da pressão social e dizem que está na origem dos casamentos prematuros. Com efeito, é-lhes dito que estando no lar vão dignificar a família e a comunidade, e muitas cedem a este conselho que as empurra para um futuro incerto. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,31 59,47
ZAR 4,74 4,83
EUR 70,23 71,64

25.01.2018   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

“Ide por todo o mundo, anunciai a Boa Nova a toda criatura” – Mc ...
2018-02-23 00:30:00
Há reportagens antigas  – nos jornais e televisões -  ...
2018-02-23 00:30:00
SÓ posso começar o presente texto dizendo mesmo isto: INAE, já ...
2018-02-23 00:30:00
MAIS um Dia dos Namorados, também conhecido por Dia de São Valentim, ...
2018-02-22 00:30:00
A MULTINANCIONAL Sasol, empresa sul-africana que explora e comercializa o gás ...
2018-02-22 00:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1676 visitantes em linha