Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

A UNIÃO Desportiva de Songo, campeã nacional, e o Costa do Sol, vice e vencedor da Taça de Moçambique, já lançaram mãos à obra para a temporada-2018, com os “hidroeléctricos” em actividade desde a tarde de quinta-feira, e os “canarinhos” a abrirem as “oficinas” amanhã.

Quer os campeões nacionais, quer os vencedores da Taça iniciam relativamente cedo as suas actividades dado que vão representar o país nas Afrotaças a partir do próximo mês.

A primeira sessão de treino da UD Songo esteve virada em grande parte para os aspectos físicos e ainda houve um momento para o trabalho com bola.

Ao comando dos campeões nacionais, nesta primeira sessão de treino, esteve o treinador-adjunto, Vitor Mayamba, que fez as vezes de treinador na ausência de Chiquinho Conde, que só chegou ao país na manhã de quinta-feira, após férias em Portugal.

Dos reforços confirmados para 2018, já estiveram presentes 11 deles, nomeadamente Mustafá (ex-Ferroviário de Nampula), Chelito e Pascoal Amorim (ex- Ferroviário da Beira), Eusébio (ex- Liga Desportiva de Maputo), Nhaminga (ex-Sporting da Beira), Osvaldo e Amadu (ex-Ferroviário de Nampula), Lau (ex-Desportivo de Nacala) e Ngandu Terance – vindo da República Democrática de Congo.

Nas ausências, realce para o avançado Hélder Pelembe, o reforço de peso da turma da vila do Songo, ex-Baroka United, que há um mês liderava a Primeira Liga da África do Sul.

No entanto, sabe-se que apesar de já ter adquirido uma “mão” cheia de bons reforços, onde ainda se destaca o defesa esquerdo Eusébio (ex-Liga Desportiva de Maputo) e o defesa central Amorim (ex-Ferroviário da Beira), a direcção ainda mantém as portas abertas para mais jogadores que possam ser uma mais-valia para o plantel.

Refira-se que em 2018, a UD Songo terá a sua época mais exigente e de maior responsabilidade, desde que ascendeu ao Moçambola em 2009, na medida em que irá pela primeira vez entrar na qualidade de detentor do título nacional e fará a sua estreia na Liga dos Campeões Africanos, a mais importante competição da CAF.

A UD Songo faz o primeiro jogo oficial da época medindo forças com o Costa do Sol, na primeira semana de Fevereiro, em partida a contar para Supertaça e dias depois defrontará o Ngaya das Comores na primeira “mão” da pré-eliminatória da Liga dos Campeões.

O Costa do Sol, por sua vez, também apresenta muitas novas caras no seu “xadrez”, muito embora tenha perdido jogadores importantes como Mbulu, Manucho Lineker e dispensado os serviços de Aguiar, Dito e Rúben. Este ano os “canarinhos” estarão sob o comando técnico do argentino Fábio Costas que será coadjuvado por dois compatriotas seus com que trabalhou no Textáfrica em 2017, a sua porta de entrada no futebol nacional. O Costa do Sol aposta tudo na conquista do Moçambola e num bom desempenho na Taça CAF, neste seu regresso, 10 anos depois, às competições africanas.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction