Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

DAÚDO Razak é o novo treinador do Chibuto, em substituição de Artur Semedo, que se demitiu na semana passada, alegando indecência no clube, logo após a vitória sobre a Liga Desportiva de Maputo, por 2-0.

É a sétima mudança de treinador no Moçambola que se junta a outras seis que se haviam registado até à 10ª jornada, algo considerado anormal para a crítica, atendendo e considerando que o campeonato nacional tem 30 rondas.

Daúdo Razak sai do desemprego cerca de um ano depois, quando foi despedido da Liga Desportiva de Maputo, por maus resultados. Segundo o presidente do Chibuto, Betuel Saveca, Daúdo vai comandar os “guerreiros” até final da presente temporada, tendo como desafio terminar num dos três primeiros lugares, ou seja, garantir a presença do Chibuto nas afrotaças na próxima época.

 O novo técnico foi apresentado na manhã de ontem ao plantel na presença dos dirigentes, sócios e simpatizantes do clube. Daúdo encontra a equipa no quarto lugar, com 19 pontos, menos seis que o líder Ferroviário de Maputo.

Entretanto, as chicotadas começaram em Abril, quando, contra todas as expectativas, a direcção do Costa do Sol decidiu colocar o ponto final ao vínculo contratual com a dupla argentina Fabio Costas e Dardo Valenzuela.

Seguiu-se Rogério Balate “Zulu”, despedido do Ferroviário de Nacala por alegados maus resultados. Depois de Zulu, foi a vez de Sérgio Faife deixar Nacala, no caso concreto o Desportivo daquela cidade portuária, alegando falta de ambiente de trabalho e problemas salariais que afectavam jogadores e a equipa técnica. Depois foi a vez de Danito Nhampossa deixar o Sporting de Nampula.

Mais recentemente foi Chiquinho Conde a ser despedido da UD Songo que, entretanto, já contratou Nacir Armando para o substituir. A saída de Chiquinho forçou, por outro lado, a queda da direcção encabeçada por José Costa, sendo que o clube “hidroeléctrico” está neste momento sob batuta do jovem Lucas Gune.

 Pelo meio, há um caso especial: Victor Matine deixou a UP Manica, mas por motivos nobres, foi contratado pela Federação Moçambicana de Futebol (FMF) para dirigir a Selecção Sub-20.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction