Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

1024x768 Normal 0 false false false EN-US X-NONE X-NONE /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Table Normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; mso-style-qformat:yes; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0in 5.4pt 0in 5.4pt; mso-para-margin:0in; mso-para-margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:10.0pt; font-family:"Calibri","sans-serif";}

 

 

 

MOÇAMBIQUE, mais concretamente a cidade de Maputo, será palco da 24ª edição da Taça de Clubes Africanos de Basquetebol, em seniores femininos, de 9 a 18 de Novembro próximo.

 

 

 

Segundo deu a conhecer o presidente do Ferroviário de Maputo, Sancho Quipisso Jr., o seu clube vai disputar a competição na qualidade de anfitrião, depois de a FIBA-África ter anuído o pedido formulado pelos “locomotivas” para organizarem o certame.

 

 

 

Entretanto, de 21 a 29 serão realizadas as eliminatórias zonais de apuramento para a fase final, em Bulawayo, no Zimbabwe, em ambos os sexos. Na cidade zimbabweana, as equipas estarão escalonadas em dois grupos de apuramento.

 

 

 

Com efeito, cada país da região (Zona VI) deverá inscrever duas equipas e, de acordo com o regulamento da competição, duas equipas (por cada género) qualificam-se para a fase final. Em Bulawayo, as equipas vão jogar no sistema clássico de todos-contra-todos numa única volta.

 

 

 

Estarão em Bulawayo equipas a representar Moçambique, África do Sul, Angola, Botswana, Lesotho, Malawi, Namíbia, Suazilândia, Zâmbia, Namíbia e o país anfitrião. Moçambique tem a oportunidade de ter duas equipas na fase final, sendo que, para além do Ferroviário (apurado na qualidade de anfitrião), o Costa do Sol e Politécnica lutam pela qualificação.

 

 

 

Refira-se que Moçambique é dos países mais bem-sucedidos na Taça dos Campeões Africanos em seniores femininos, com cinco títulos, um conquistado pelo Maxaquene (1991), um pela Académica (2001), dois pelo Desportivo (2007 e 2008) e outro pela Liga Desportiva de Maputo (2012).

 

 

 

A capital do país volta a acolher a competição, depois de tê-lo feito em 2016, ano em que o Ferroviário chegou à final perdida para as angolanas do Inter Clube de Luanda.

 

 

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction