Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

ARRANQUE de temporada para esquecer do lateral-esquerdo do Real Madrid. Depois de ter sido substituído na segunda jornada do campeonato espanhol, - frente ao Girona, acabando por gerar bastante polémica com Lopetegui -, Marcelo voltou a ter uma noite para esquecer na derrota surpreendente frente ao Sevilha, no qual ficou ligado a dois golos do emblema andaluz, acabando ainda por sair lesionado da partida. Leia mais

Comments

LIGA Desportiva-Ferroviário da Beira e Maxaquene-Costa do Sol, dois embates que sairão os finalistas da edição-2018 da Taça de Moçambique/mcel, a segunda maior prova futebolística nacional. Leia mais

Comments

O EMPATE a uma bola encaixa-se na perfeição, a avaliar pela produção da Liga Desportiva e União Desportiva do Songo ao longo dos 90 minutos. Apesar da forte ventania que se fez sentir no campo da Liga, a primeira parte foi intensamente disputada, com as duas equipas a procurarem chegar ao golo. A Liga tinha mais bola e atacava mais vezes, mas tinha dificuldades de explanar o seu futebol ao primeiro toque, como bem gosta. Leia mais

Comments

A CIDADE da Matola será hoje palco de mais um jogo determinante na luta pela conquista do Moçambola. No campo da Liga jogam a equipa da casa, terceira classificada (44), e a UD Songo (53 pontos), líder isolado, em partida de acerto da 23ª jornada.

Perspectiva-se um grande jogo entre duas das melhores formações do campeonato. A jogar no seu reduto, a Liga tem se mostrado irrepreensível. Em nove jogos disputados no seu reduto soma oito vitórias: ENH (1-0); Maxaquene (3-1); Incomáti (2-1); Costa do Sol (1-0); Ferroviário de Nampula (3-1); 1º de Maio de Quelimane (2-1); Textáfrica (5-0) e Sporting de Nampula (2-1) e apenas uma derrota diante da UP Manica (1-2), sinais evidentes que na Matola a UD Songo vai enfrentar enormes dificuldades, frente a uma Liga que na primeira volta foi à sua casa empatar (1-1). Antevê-se, por isso, um desafio intenso entre dois conjuntos com fortes argumentos para conquistarem os três pontos.

Se por um lado, a UD Songo está consciente de que um triunfo coloca-a com seis pontos de vantagem em relação ao segundo classificado, o Ferroviário de Maputo (50 pontos), por outro, a Liga sabe que uma vitória remete-a para a luta pelo título, visto que passará a somar 47 pontos, ficando a três dos “locomotivas” e a seis dos “hidroeléctricos” com 12 pontos por disputar.

DUELO DE AFLITOS

No outro jogo desta tarde, mas para o acerto da 25ª jornada, o Ferroviário da Beira recebe o Desportivo de Nacala, num duelo de “aflitos”.

O jogo é aguardado com enorme interesse, visto que ambas as formações estão neste momento a lutar pela manutenção.

Em face do cenário de incertezas no seio de beirenses e nacalenses antevê-se uma daquelas partidas jogadas com muitas cautelas, se se atender que a margem de erro, quando faltam apenas quatro jornadas para o fim, é nula.

Contudo, a jogar em casa, os comandados de Rogério Gonçalves têm por obrigação amealhar os três pontos. Aliás, apesar de estarem em posição incómoda, chegam a esta ronda motivados pela vitória alcançada no campo da UP Manica (2-0) no pretérito fim-de-semana, o mesmo se pode dizer da equipa da cidade portuária que vem de um triunfo sobre a ENH (2-1). Sublinhe-se que na primeira volta, os nacalenses venceram a turma do “Chiveve” (1-0), o que pode servir de um incentivo extra.

Na classificação, o Ferroviário da Beira ocupa a 10ª posição com 30 pontos, os mesmos que o Desportivo de Nacala na 11ª posição. Mais abaixo estão quatro equipas, nomeadamente Incomáti e Ferroviário de Nacala (30 pontos); UP Manica e 1º de Maio (27 pontos), estas duas últimas na zona de despromoção, mas ainda com fortes possibilidades de se manterem.

De referir que o Sporting de Nampula, no último lugar com 19 pontos, está praticamente condenado à descida, embora matematicamente ainda seja possível.

 

Comments

Dois indivíduos contraíram ferimentos grave e ligeiro  num acidente de viação, ao fim da manhã de hoje, envolveundo o autocarro da ENH de Vilankulo, que ficou com danos materiais avultados na parte frontal.

Trata-se do motorista da equiap da ENH que contraiu ferimentos graves e outro indivíduo não identificado.

Os jogadores saíram ilesos do sinistro no qual o autocarro dos “hidrocarbonetos” chocou contra um camião quando circulava na estrada nacional Um, no distrito da Manhiça, província de Maputo.

A equipa da ENH regressava a Vilankulo ida da cidade de Maputo onde desembarcara na noite de segunda-feira depois de ter jogado, domingo, em Nacala frente ao Desportivo, em mais uma partida do Moçambola.

Comments
Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction