• vtem news box
  • vtem news box
  • vtem news box

Moçambique obteve, no ano passado, um saldo positivo nas trocas comerciais com a Áustria, tendo vendido cerca de 11 milhões de Euros contra 3,5 milhões daquele país da europa central.

Esta informação foi dada a conhecer ontem pela embaixadora Brigitte Oppinger-Walchshofer à saída de uma audiência com o Presidente da República, Filipe Nyusi, a quem foi apresentar cumprimentos de despedida ao fim de quatro anos de missão em Moçambique.

 “O nosso maior objectivo é aumentar as nossas trocas comerciais porque acreditamos que elas podem ser definitivamente incrementadas”, destacou.

Por outro lado, mostrou-se satisfeita com o facto de prevalecer a paz no país, depois de um período conturbado devido à instabilidade político-militar.

“Há paz. É sempre bom que haja paz. Tenho a impressão de que as pessoas começam a relaxar um pouco”, disse.

O país vive uma relativa estabilidade desde o anúncio, no final do ano passado, de tréguas por parte da Renamo, que foram renovadas no início desde mês até Maio próximo, no âmbito do diálogo entre o Presidente da República, Filipe Nyusi e o líder da Renamo, Afonso Dhlakama.

Sobre o encontro de despedida com o Chefe do Estado, Brigitte Walchshofer disse terem abordado as relações bilaterais nos últimos quatro anos. A Áustria tem apoiado os sectores da agricultura e águas na província de Sofala.

Destacou que, nos últimos quatro anos, houve igual número de negócios e investimentos, duas para empresários moçambicanos na Áustria e outras duas para empresários austríacos em Moçambique.

Segundo ela, já se pode ver algum interesse de empresários austríacos em aumentar as trocas comerciais com Moçambique.

Ainda ontem, outros dois embaixadores apresentaram as suas despedidas ao Chefe do Estado moçambicano, nomeadamente a Embaixadora da Suécia, Irina Nyoni e o Embaixador do Japão, Akira Mizutani.

A embaixadora sueca destacou que se vai embora com sentimento de ter deixado as coisas no bom caminho, depois de ter trabalhado dois anos e meio no país.

“Em termos de cooperação estamos num bom ambiente. Temos um diálogo muito bom, franco e aberto com Moçambique. Acho que há muitas coisas positivas que estão acontecendo. Gostaríamos de focalizar nos desafios que o país enfrenta. O governo sueco tem sido um bom parceiro de Moçambique”, assinalou

A Suécia tem focado a sua acção nas áreas de igualdade de género, nomeadamente, nas áreas dos casamentos prematuros, direitos das mulheres, processo de paz e na área do meio ambiente.

Já o diplomata nipónico disse que durante a sua missão visitou todas as províncias de Moçambique para maximizar a cooperação bilateral.

“Durante três anos criei dois mecanismos de diálogo, nomeadamente, sobre política e diálogo empresarial entre os dois países”, destacou.

Durante os três anos as relações bilaterais entre o Japão e Moçambique foram aprofundadas.

“Estou muito feliz com as relações entre os nossos países”, disse Mizutani.

Versão-Impressa


Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 26 Maio 2017
A Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA) elegeu, ontem, novos corpos sociais para o triénio 2017/2020, marcando fim de um processo que teve a polémica como principal característica. Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Natalidade: Quando mulheres negam imprevistos
Sexta, 26 Maio 2017
MARIA Alberto teve os seus dois filhos, o primeiro aos 15 anos e o segundo um ano depois, e não fazia ideia da existência de formas de planeamento familiar. Hoje, aos 24 anos, busca ajuda de profissionais de Saúde para programar a gravidez. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,10 61,27
ZAR 4,57 4,65
EUR 67,42 68,73

23.05.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

DEPOIS de um ambiente de quase “cortar à faca” a ...
2017-05-26 23:30:00
A VERDADE é que ele já não está aqui. Faltou a esta aula ...
2017-05-26 23:30:00
HÁ mortos que decididamente se recusam a regressar ao pó donde vieram. ...
2017-05-26 07:15:16
CORRO o risco de ser incompreendido ao abordar um assunto tão delicado como ...
2017-05-25 23:30:00
BRASIL, esse gigantesco país, que me faz lembrar a Suíça, por ...
2017-05-25 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 4152 visitantes em linha