Opinião

Politica

FRACA afluência de jovens e indisponibilidade momentânea de material caracterizam os postos de recenseamento militar na cidade de Maputo, numa altura em que faltam apenas nove dias para o ...

terça, 19 fevereiro 2019
Leia +

Nacional

Pai e filho morreram, no último fim-de-semana, vítimas de afogamento no mesmo poço,  no distrito de Molumbo, província da Zambézia, segundo o porta-voz do ...

terça, 19 fevereiro 2019
Leia +

Autárquicas 2018

O PRESIDENTE do Conselho Autárquico da Cidade de Maputo, Eneas Comiche, desafiou ontem o vereador do pelouro de Protecção e Segurança, Manuel Zandamela, a consolidar o ...

quarta, 13 fevereiro 2019
Leia +
Pub
SN

Desporto

QUATRO dias é o tempo que falta para o país receber, concretamente no fim-de-semana, na cidade de Maputo, mais um Campeonato Africano de vólei de praia da Zona VI em Sub-21. Leia ...

terça, 19 fevereiro 2019
Leia +

Economia

A consultora Fitch Solutions considerou ontem que o banco de Moçambique deverá manter a taxa de juro nos 14,25% até ao final do ano para controlar a inflação e ...

terça, 19 fevereiro 2019
Read more

Tecnologias

Moçambique está a preparar um regulamento que vai obrigar empresas a repor na totalidade os danos causados ao meio ambiente, disse à Lusa um dos intervenientes no sector. ...

terça, 19 fevereiro 2019
Leia +

O PROJECTO Mozambique LNG, liderado pela Anadarko, está a apoiar iniciativas de combate ao HIV/SIDA, orçadas em cerca de 560 mil dólares norte-americanos, nos distritos de Mocímboa da Praia e Palma, desenvolvidas e implementadas pela Pathfinder.

A iniciativa visa reduzir a vulnerabilidade relacionada com a infecção pelo HIV, através da promoção do acesso aos serviços de bases comunitária e clínica.

O vice-presidente e director-geral da Anadarko, Steve Wilson, disse a propósito que queremos contribuir para o trabalho que vem sendo desenvolvido no combate a esta doença, que afecta o tecido familiar e o desenvolvimento do país.

“Esta contribuição enquadra-se no programa de responsabilidade social do projecto em Moçambique, que tem apoiado, não só, iniciativas na área da Saúde, mas também nas áreas de Educação, Cultura, Ambiente, entre outras. Estamos comprometidos em contribuir para o desenvolvimento sustentável de Moçambique”, sublinhou Steve Wilson.

Por seu turno, Riaz Mobaracaly, director da Pathfinder, o apoio da Anadarko e de outros parceiros tem sido crucial para a implementação destas iniciativas.

Ele explicou que trata-se de uma intervenção baseada nas comunidades, que as envolve em todo o processo e capacita-as através das estruturas locais (conselhos locais da localidade e líderes facilitadores) e da rede de voluntários baseados nas comunidades, que reforça a ligação entre estas e as unidades sanitárias, alinhando-se com os esforços e directrizes do Governo.

Segundo apuramos, o projecto de GNL de Moçambique será o primeiro “onshore” inicialmente composto por dois módulos de produção de Gás Natural Liquefeito com capacidade total de 12,88 milhões de toneladas por ano para apoiar o desenvolvimento dos campos de Golfinho/Atum localizados, exclusivamente, na Área 1 “Offshore”.

Este projecto inicial abre o caminho para uma importante futura expansão até 50MTPA da Área 1 “Offshore”. O Projecto Golfinho/Atum também fornecerá volumes iniciais de, aproximadamente, 100 milhões de pés cúbicos de gás natural por dia para uso doméstico em Moçambique.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction