Representantes do Governo e do sector privado sentaram, semana passada à mesma mesa, na cidade de Quelimane, para analisar o impacto das políticas públicas no crescimento económico e desenvolvimento da província da Zambézia. Leia mais

ACELERAR a implementação dos acordos já alcançados sobre a exploração do gás natural na bacia do Rovuma será determinante para que Moçambique não perca as oportunidades que actualmente se oferecem no mercado internacional deste recurso. A tese é do presidente do Conselho de Administração da ENH, Omar Mithá, que integra a delegação moçambicana que participa na cimeira bienal Estados Unidos-África, que hoje inicia na cidade norte-americana de Washington.

O governo de Moçambique vai propor o alargamento dos prazos de amortização e a redução das taxas de juro dos empréstimos contraídos por três empresas públicas e que beneficiaram do aval do Estado, disse o director nacional de Orçamento, Rogério Nkomo. Leia mais

O grupo Coal India Ltd (CIL) aguarda que o Governo de Moçambique responda a um pedido apresentado para a atribuição de direitos de exploração de dois novos blocos carboníferos, de acordo com o relatório anual 2016/2017 do Ministério do Carvão da Índia. Leia mais

O analista da Woodmackenzie que acompanha a economia de Moçambique considerou que a assinatura do acordo de investimento da ENI mostra que o Governo é capaz de sancionar projectos de grande dimensão e que a crise da dívida não trava os investimentos no país. Leia mais

O SEGUNDO maior parque de captação de energia solar, na região subsaariana, vai nascer em Moçambique. Trata-se do Centro Solar de Mocuba, na província da Zambézia, segundo refere um comunicado de Emerging Africa Infrastructure Fund (EAIF), um dos financiadores.

SOB o slogan “Investir em Infra-Estruturas Resilientes para Promover o Desenvolvimento Sustentável e a Integração Regional”, a cidade de Tete acolheu esta semana fórum que juntou mais de 300 participantes entre representantes do Estado, instituições financeiras e investidores com interesses nas áreas de transportes e comunicações, construção civil, agricultura e recursos minerais. Leia mais

Moçambique é uma terra de oportunidades e está pronto para negócios. O Presidente da República garante que agora, como nunca, é o melhor momento para investir nas potencialidades do país, a começar pelas infra-estruturas, “o dorso do desenvolvimento integrado, sustentáculo da produção e produtividade, e promotoras da conectividade e complementaridade entre sectores.”

DECORRE desde a manhã de hoje, na cidade de Tete, província do mesmo nome, o Fórum Nacional de Infra-estruturas. A sessão de abertura foi dirigida pelo Presidente da República, Filipe Nyusi.

O País registou uma variação negativa de preços em Maio, fixada em -0,38 por cento. A inflação Acumulada situou-se em 5,09 cento, valor inferior ao registado em período homólogo do ano passado, que foi de 20,45 por cento. Leia mais

O Banco Mundial considera que Moçambique deve implementar políticas de consolidação orçamental para garantir a estabilidade macroeconómica e acelerar a recuperação da sua economia.

Os investimentos da China em África representaram cerca de um terço do total de investimento directo estrangeiro (IDE) e dos empregos criados por estes projectos no continente em 2016, de acordo com um estudo da consultora EY (Ernst & Young).

A PARTIR de Setembro próximo, a Inspecção Nacional das Actividades Económicas (INAE) vai penalizar os produtores, transportadores e revendedores de cimento que não cumprirem com as novas regras de manuseamento deste material de construção. Leia mais

O MERCADO mundial do algodão poderá registar uma saturação da oferta a partir de Agosto, mas sem impactos imediatos para Moçambique, cujas empresas já começaram a negociar os contratos para exportação.

Versão-Impressa


Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 16 Junho 2017
A CIDADE de Tete acolheu semana passada o fórum de infra-estruturas que, pela sua importância, contou com a participação do Presidente da República, Filipe Nyusi. O evento destinava-se a mobilizar recursos de forma a priorizar acções nas... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Ponte Dona Ana: Obras da passadeira relançam...
Terça, 20 Junho 2017
OS habitantes do vale do Zambeze, de que fazem parte as províncias de Manica, Sofala, Tete e Zambézia, estão bastante optimistas no incremento das trocas comerciais, quando for concluída, próximo mês, a reabilitação e iluminação da passadeira na ponte Dona Ana, que liga a vila municipal de Nhamayabwe, distrito de Mutarara, em... Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,83 60,97
ZAR 4,66 4,75
EUR 66,81 68,07

22.06.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

GOSTEI da sua crónica, mas queria lhe dizer que os distritos de ...
2017-06-22 08:23:06
A LEI e a ética são duas ordens normativas que coincidem no objectivo ...
2017-06-21 07:50:38
CIRCULO pelas bandas do Alto-Maé, num destes dias e dei de “cara” ...
2017-06-21 07:47:24
OS povos moçambicano e zimbabweano são irmãos e vizinhos desde ...
2017-06-21 07:45:38
OS cubanos estão a atravessar uma fase muito delicada da sua história. ...
2017-06-20 07:31:53

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 2534 visitantes em linha