Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

O BANCO Moza acaba de abrir ao público três novas agências nos distritos de Vanduzi e Gondola, na província de Manica, e Murrupula, em Nampula, no âmbito da iniciativa presidencial “Um Distrito, Um Banco”, lançada pelo Chefe do Estado moçambicano.

O projecto, segundo foi explicado na cerimónia de inauguração das agências de Vunduzi e Gondola, enquadra-se na aceleração da bancarização rural em Moçambique, coordenada pelo Ministério da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural (MITADER).

A iniciativa está igualmente em consonância com o Plano Quinquenal do Governo (2015-2019), que preconiza o desenvolvimento de infra-estruturas sócio-económicas vitais para a promoção da produção do sector privado e associativo e incremento da capacidade do sector público de prover os serviços sociais básicos à população.

Nesta perspectiva, para além das agências de Vanduzi, Gondola e Murrupula, pertencentes ao MOZA, o BCI, outro banco comercial que opera no país, abriu também as suas agências em Chemba (Sofala), Balama (Cabo Delgado) e Guro (Manica).

O distrito de Mabote, em Inhambane, é um dos contemplados nesta fase. Neste ponto, o BCI acaba de lançar a primeira pedra de construção de uma agência no âmbito da iniciativa presidencial.

Segundo Sheila Afonso, secretária permanente do MITADER, a iniciativa é igualmente parte do Programa Nacional de Desenvolvimento Sustentável aprovado pelo Governo e surge no contexto da operacionalização da Estratégia de Finanças Rurais e da Estratégia de Desenvolvimento do Sector Financeiro 2013-2022, que projecta que, até 2022, pelo menos 35 por cento da população adulta tenha acesso a serviços financeiros.

Sheila Santana Afonso sublinhou que as novas agências bancárias e outras implantadas no quadro da iniciativa presidencial respondem ao apelo do Chefe do Estado, Filipe Nyusi, lançado em de Agosto de 2016, na Maxixe, província de Inhambane.

A iniciativa é também parte do Programa Nacional de Desenvolvimento Sustentável, um programa de desenvolvimento integrado no meio rural que visa promover o uso sustentável dos recursos naturais, organização da terra e gestão ambiental.

Sheila Santana Afonso referiu que a iniciativa pretende fomentar uma economia local de base através da complementaridade da oferta de serviços básicos, capacitação e atracção de investimentos importantes para o desenvolvimento, explorando as capacidades e inovando o conhecimento local.

Por seu turno, Manuel Guimarães, que representou o Conselho da Administração do MOZA na cerimónia, afirmou que, apesar do momento desafiante que o banco atravessa, a abertura de agências em Manica e não só representa a sua adesão à iniciativa presidencial.

O governador de Manica, Alberto Mondlane, falou da importância dos serviços e produtos bancários para a população.

VICTOR MACHIRICA

Sábados

CLICKADAS

TEMA DE ...

A multiplicidade étnica e religiosa é, sem dúvida, uma ...

...

A busca por um sistema educacional que incluísse as línguas, ...

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction