MOÇAMBIQUE vê no Japão um potencial consumidor do gás natural a ser produzido na bacia do Rovuma, e pretende interessar empresas deste país a envolverem-se na compra deste hidrocarboneto e na viabilização de projectos de geração de energia a partir do carvão mineral.

Ligado a este interesse estratégico, o Presidente da República, Filipe Nyusi, de visita oficial àquele país asiático, visita hoje uma fábrica de processamento de gás natural denominada Tokyo Gas LNG, na perspectiva de persuadir os investidores nipónicos a apostarem nos recursos naturais que abundam em Moçambique.

Falando a jornalistas em Tóquio, a Ministra dos Recursos Minerais e Energia, Letícia Klemens, que integra a delegação do Chefe do Estado, explicou que o Japão já está envolvido em alguns projectos de produção de energia eléctrica a partir do gás natural e na compra de carvão mineral de Tete, mas a ideia é fazer com que comprem mais e estejam presentes em mais empreendimentos projectados no país.

O Japão está envolvido na construção de uma central eléctrica com capacidade para gerar mais de 100 MegaWatts (MW) de energia, em Maputo, mas o Governo moçambicano também está em busca de fundos para viabilizar a construção, a partir do próximo ano, da Central de Temane, que contempla uma linha de transmissão ligando Vilankulo e Maputo, cuja concretização poderá absorver 1.3 bilião de dólares norte-americanos. 

A Central de Temane terá uma capacidade para gerar 400 MW devendo custar 700 milhões de dólares, enquanto a linha de transmissão entre Vilankulo e Maputo vai absorver 600 milhões de dólares. Esta linha eléctrica será a primeira etapa do projecto da espinha dorsal que ligará o Sul e o Centro de Moçambique,

Trata-se de empreendimentos cuja concretização se mostra vital para Moçambique, pois para além de conectar o Sul e o Centro do país, possibilitam a interconexão com a região ajudando na minimização do défice energético na Comunidade de Desenvolvimento da Africa Austral (SADC) estimado, neste momento, em mais de 1000 MW por ano.

Ainda no Japão, segundo a ministra Letícia Klemens, Moçambique procura jogar o seu potencial para atrair os investidores nipónicos para a viabilização de uma central térmica a partir do gás natural a ser baseada na província de Tete.

O Japão é um país dotado de tecnologia e experiência na produção de energia a partir do carvão mineral em moldes considerados inovadores ao nível do mundo, uma vez que não se emite nenhum elemento poluente para a atmosfera.

A ideia, segundo Klemens, é fazer com que as empresas japonesas transfiram esta tecnologia, considerada amiga do ambiente, para os diversos projectos termoeléctricos que estão a ser desenhados em Moçambique.

O Presidente da República desembarcou em Tóquio por volta das 22:30 locais e faz-se acompanhar pela esposa, Isaura Nyusi, pelos ministros dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Oldemiro Balói; da Agricultura e Segurança Alimentar, José Pacheco; dos Recursos Minerais e Energia, Letícia Klemens; dos Vice-ministros dos Transportes e Comunicações, Manuela Rebelo; da Indústria e Comércio, Ragendra de Sousa, quadros da Presidência da República e de outras instituições do Estado.

Titos Munguambe,em Tóquio

 

Versão-Impressa


Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 23 Junho 2017
DOIS momentos marcaram esta semana o contacto entre o Banco de Moçambique e a comunicação social, nomeadamente o ponto de situação da economia nacional e os esclarecimentos à volta do processo que culminou com a venda do Banco Moza à Kuhanha –... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Ponte Dona Ana: Obras da passadeira relançam...
Terça, 20 Junho 2017
OS habitantes do vale do Zambeze, de que fazem parte as províncias de Manica, Sofala, Tete e Zambézia, estão bastante optimistas no incremento das trocas comerciais, quando for concluída, próximo mês, a reabilitação e iluminação da passadeira na ponte Dona Ana, que liga a vila municipal de Nhamayabwe, distrito de Mutarara, em... Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,83 60,97
ZAR 4,66 4,75
EUR 66,81 68,07

22.06.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

QUIS o destino que eu escalasse, há dias, a República do Sudão, ...
2017-06-24 08:33:52
FOI no Sazária que naquela manhã do segundo dia da minha estadia em ...
2017-06-24 08:31:46
OS dias que correm são bastante férteis em debates relacionados com a ...
2017-06-23 08:16:46
De tanto se falar dos famosos Mercedes Benz ora comprados para ...
2017-06-23 08:10:04
O OCIDENTE, com os Estados Unidos da América à cabeça, ...
2017-06-23 08:00:54

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 2717 visitantes em linha