O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, acredita que Moçambique pode inspirar-se no modelo japonês para solucionar os problemas de transporte urbano que actualmente enfrenta.

O Chefe do Estado, que ontem esteve na estação principal de Yurikamome, em Tóquio, no quadro da visita oficial que efectua ao Japão, assumiu que Moçambique está à procura de uma solução barata e definitiva para o problema de mobilidade, sobretudo na cidade de Maputo.

“Estamos ainda à busca de uma solução que resolva o problema de transporte para os moçambicanos, mas uma solução na profundidade”, sustentou Nyusi.

A estação de Yurikamome pertence a uma companhia japonesa de transporte ferroviário que, transportando cerca de 45 milhões de passageiros por ano, é uma das várias que garantem ligações ferroviárias na cidade de Tóquio, operando máquinas não tripuladas, o que assegura eficiência e fluidez na mobilidade humana naquela região metropolitana.

A visita à estação principal de Yurikamome aconteceu depois de, no período da manhã, Filipe Nyusi ter lançado um apelo aos empresários moçambicanos que o acompanham, para que sejam mais agressivos na busca de parcerias, sobretudo, no sector do transporte.

Nyusi disse, na ocasião, que os empresários devem explorar, no máximo, as oportunidades que possam surgir, sobretudo, para o transporte urbano de passageiros.

“Quando digo agressivos não estou a referir-me a alguma necessidade de terem que estender a mão, mas é preciso ver o que se pode fazer para juntos resolvermos o problema do transporte. A questão do transporte público urbano não pode ser resolvida apenas por empresas públicas. Há que envolver o sector privado”, referiu o Presidente.

Explicou que nesta busca de parcerias para o sector de transportes os empresários devem procurar sempre encontrar serviços de qualidade e não se preocuparem muito com a tecnologia de ponta, uma vez que, nos últimos tempos, quase tudo é fabricado com tecnologia avançada.

Para o Chefe do Estado, o que os moçambicanos precisam é de um serviço de transporte de qualidade e que garanta alguma durabilidade.

Outra área que, segundo o Chefe do Estado, deve merecer atenção dos empresários moçambicanos nesta visita é a da agricultura pois, segundo ele, hoje em dia esta actividade pode garantir retornos rápidos do investimento.

“Muitos têm a ideia de que a agricultura tem retornos muito lentos no investimento, mas hoje, com uma boa tecnologia, pode se assegurar um retorno célere dos valores investidos”, sublinhou Nyusi.

Em Tóquio, Moçambique é representado por cerca de 30 empresários de diversas áreas, incluindo a construção civil, agricultura, turismo, saúde, pecuária, energia, entre outras, e são liderados pelo vice-presidente da Confederação das Associações Económicas, Agostinho Vuma.

Versão-Impressa


Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 23 Junho 2017
DOIS momentos marcaram esta semana o contacto entre o Banco de Moçambique e a comunicação social, nomeadamente o ponto de situação da economia nacional e os esclarecimentos à volta do processo que culminou com a venda do Banco Moza à Kuhanha –... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Ponte Dona Ana: Obras da passadeira relançam...
Terça, 20 Junho 2017
OS habitantes do vale do Zambeze, de que fazem parte as províncias de Manica, Sofala, Tete e Zambézia, estão bastante optimistas no incremento das trocas comerciais, quando for concluída, próximo mês, a reabilitação e iluminação da passadeira na ponte Dona Ana, que liga a vila municipal de Nhamayabwe, distrito de Mutarara, em... Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,83 60,97
ZAR 4,66 4,75
EUR 66,81 68,07

22.06.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

QUIS o destino que eu escalasse, há dias, a República do Sudão, ...
2017-06-24 08:33:52
FOI no Sazária que naquela manhã do segundo dia da minha estadia em ...
2017-06-24 08:31:46
OS dias que correm são bastante férteis em debates relacionados com a ...
2017-06-23 08:16:46
De tanto se falar dos famosos Mercedes Benz ora comprados para ...
2017-06-23 08:10:04
O OCIDENTE, com os Estados Unidos da América à cabeça, ...
2017-06-23 08:00:54

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 2860 visitantes em linha