A DAMODAR Ferro Limitada, firma do ramo mineiro de capitais indianos, vai retomar a extracção de minério de ferro no jazigo localizado no distrito de Lalaua, província de Nampula, facto estimulado pela melhoria dos preços do produto no mercado internacional.

A exploração da mina localizada no povoado de Namarrepo 2, em Lalaua, foi suspensa há cerca de um ano devido à queda do preço do minério de ferro no mercado, o que tornou a actividade insustentável.

Olavo Deniasse, director provincial dos Recursos Minerais e Energia em Nampula, que deu a informação, acrescentou que a criação na província de uma indústria de processamento do minério foi outro factor que estimulou a Damodar Ferro Limitada a retomar as actividades em Lalaua.

Disse que a empresa vai negociar com os gestores do sistema ferroviário Moatize-Nacala para o transporte de minério de ferro.

O referido sistema ferroviário é gerido pelo Corredor Logístico do Norte (CLN), cujos comboios na viagem de retorno à vila de Moatize, idos de Nacala-à-Velha, não transportam carga.

Neste contexto, a Damodar Ferro Limitada quer aproveitar os vagões para escoar minério de ferro armazenado no estaleiro localizado na estação ferroviária de Iapala, distrito de Ribáuè.

“Será um hesito extraordinário o alcance de consensos entre a CLN e a Damodar Ferro para assegurar o escoamento do minério de ferro de Iapala, no corredor de Nacala, para a província de Tete, porquanto viabilizará a exploração da mina e garantirá a manutenção de postos de trabalho em Lalaua”, sublinhou Olavo Deniasse.

A Damodar Ferro Limitada tem licença de exploração de minério de ferro em Namarrepo 2, área do distrito de Lalaua.

A capacidade de processamento das instalações montadas em Namarrepo 2, a cerca de 50 quilómetros de Iapala, é de 75 toneladas/hora.

Desde o início das suas actividades, em 2009, até à data da interrupção a empresa exportou para China cerca de 23 mil toneladas do minério.

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 21 Julho 2017
Há pelo menos duas sensações com que se fica, lendo as conclusões e recomendações da última missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) a Moçambique, no final de uma visita de pouco mais de uma semana. Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
NACALA-À-VELHA: A rota dos grandes investimentos
Quinta, 20 Julho 2017
DUAS novas centrais para conversão de gás natural em energia eléctrica, com potência estimada em 400 megawatts cada vão ser construídas no distrito de Nacala-à-Velha, facto que coloca novamente esta região, da província de Nampula, na órbita de grandes investimentos, depois da construção e... Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,16 61,29
ZAR 4,58 4,67
EUR 68,75 70,04

17.07.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

ENQUANTO muitos debatem a opinião do Chefe do Estado moçambicano sobre ...
2017-07-21 23:30:00
O FUTEBOL é um dos desportos mais “cabeça dura” que ...
2017-07-21 23:30:00
HÁ dias o académico José Diquissone Tole, também ...
2017-07-21 23:30:00
O dia 18 de Julho, dia em que se comemora o aniversário natalício de ...
2017-07-21 06:48:05
TIVE o grato privilégio de estar presente recentemente numa palestra cujo ...
2017-07-21 06:45:58

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 3179 visitantes em linha