O PRESIDENTE executivo do maior grupo privado argelino, Issad Rebrab, foi detido na noite de segunda-feira, após ter-se apresentado ao Ministério Público, no âmbito de uma investigação anti-corrupção na Argélia.Segundo a Agência de notícias oficial APS, Rebrab - de 74 anos e considerado a maior fortuna do país - é "suspeito de falsa declaração sobre movimento de capitais de e para o estrangeiro, sobrefacturação e importação de materiais usados, apesar da concessão de benefícios bancários tributários e aduaneiros destinados a novos equipamentos”.Na segunda-feira, também foram presos quatro irmãos da poderosa família Kouninef, considerada próxima a Saïd Bouteflika, irmão e poderoso conselheiro do Presidente Abdelaziz Bouteflika, que renunciou a 2 de Abril sob a pressão popular e do exército.Desde a saída de Bouteflika, a justiça argelina lançou uma série de investigações sobre corrupção e transferências ilícitas de capital de empresários poderosos, muitas vezes próximos ao ex-Presidente.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction